A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 25 de Setembro de 2018

08/02/2018 11:29

Alta velocidade revolta moradores após morte de animais em avenida

No prolongamento da Ernesto Geisel, é possível encontrar carcaças de bichos e até couro de capivara, resultado de atropelamentos que resultam em morte de animais

Liniker Ribeiro e Mirian Machado
Capivara encontrada morta na região do bairro Guanandi IICapivara encontrada morta na região do bairro Guanandi II

Uma situação nada agradável vem revoltando moradores da região do Parque Ecológico Anhanduí, próximo ao bairro Guanandi II, em Campo Grande. Segundo eles, animais são atropelados constantemente e muitos morrem e acabam ficando jogados às margens da Avenida Thyrson de Almeida, no prolongamento da Ernesto Geisel.

Na manhã desta quinta-feira (8), a equipe do Campo Grande News flagrou uma capivara morta no local. Além disso, é possível encontrar diversas outras carcaças de bichos e até couro de capivaras.

 

 

Dona de casa passa pelo local todos os dias e se revolta (Foto: Marcos Ermínio)Dona de casa passa pelo local todos os dias e se revolta (Foto: Marcos Ermínio)

Quem passa pela região todos os dias, revela que o problema tem se tornado cada vez mais comum. "Eu vejo com frequência animais atravessando aqui e o problema é que o povo não respeita o limite de velocidade, isso acaba provocando acidentes", revelou o aposentado Orlando Garicoi.

Ainda segundo ele, mesmo com placas sinalizando a possível presença de animais na região, e das que limitam a velocidade a no máximo 50 km/h, muitos motoristas passam por ali a 100 km/h ou mais. "Isso é um perigo para todos. Porque se for com um motociclista, por exemplo, todo mundo sai machucado, tanto a pessoa como o animal", finalizou.

Quem também já presenciou a imprudência de motoristas, que acabou resultando no atropelamento de animais, foi a dona de casa Maria José Caetano, de 60 anos.

Segundo ela, que passa pelo local todos os dias para ir a acadêmia, ter a possibilidade de conviver com os animais é muito bom, mas por conta do desrespeito de muitos, acaba sendo perigoso.

"É tão lindo ver eles caminhando, mas a via aqui é muito perigosa", afirmou ela, garantido que mesmo quando passar de bicicleta pelo local, faz questão de andar pela calçada para também não ser vítima de um atropelamento.

Placa indicando travessia de animais é constantemente desrespeitada (Foto: Marcos Ermínio)Placa indicando travessia de animais é constantemente desrespeitada (Foto: Marcos Ermínio)
Placa com limite de velocidade também não é respeitada (Foto: Marcos Ermínio)Placa com limite de velocidade também não é respeitada (Foto: Marcos Ermínio)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions