A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

06/09/2012 12:10

Alunos protestam contra falta de ventilador e faxina em escola

Paula Vitorino
Alunos da escola protestaram nesta manhã. (Foto: Minamar Júnior)Alunos da escola protestaram nesta manhã. (Foto: Minamar Júnior)

Em meio ao calor e a baixa umidade dos últimos dias, alunos da Escola Estadual Hércules Maymone protestaram nesta manhã contra a falta de ventilação em algumas salas de aula e a limpeza, que afirmam estar precária.

Os alunos das salas com o problema de ventilação ficaram por cerca de 1 hora fora das salas para pedir alguma providência.

“O ventilador não funciona, o sol quente bate na janela da sala e a gente tem que assistir aula na sala quente. Alguns professores ainda não querem que a porta fique aberta”, diz uma aluna de 14 anos.

De acordo com os estudantes, o ventilador de uma das salas chegou a cair na semana passada. Os alunos afirmam que em algumas salas até existe o equipamento, mas o aparelho apresenta defeitos, não funciona normalmente e ainda apresenta risco para os estudantes.

“Pode cair um ventilador em cima de alguém”, frisa.

Outro problema apresentado foi a falta de limpeza nas salas. Segundo os alunos, não existe funcionários suficientes para fazer o serviço e, por isso, a escola constantemente fica suja.

Direção - A direção da escola chamou os representantes dos alunos para reunião e deu o prazo de 10 dias para resolver a situação dos ventiladores. Segundo o diretor Edilmar Marques, são cerca de 8 salas que estão com problema de ventilação.

No entanto, ele afirma que “nenhum ventilador caiu”, mas foi retirado após um aluno dependurar-se no equipamento e deixar o fio exposto. Ele também diz que os ventiladores de algumas salas precisaram ser retirados porque a escola está passando por reformas na parte elétrica e ainda garante que os equipamentos com defeito serão substituídos.

“Nós passamos por uma reforma geral em 2010 e agora recebemos o recurso do Estado de cerca de R$ 600 mil para reforma de salas de cursos técnicos. Estamos constantemente trabalhando para melhoria do prédio”, diz.

Sobre a limpeza, o diretor diz que a escola está com três funcionários no setor desde maio, mas que já foi feita a solicitação para Secretaria de Educação do Estado enviar, pelo menos, mais três funcionários.

Durante discussão, adolescente de 17 anos é esfaqueado pelo amigo
Um jovem de 17 anos foi levado em estado grave para a Santa Casa após ser esfaqueado na noite deste sábado, na frente da casa em que mora no Bairro G...
Após furtar obra, ladrão é capturado por moradores e ferido a tiros
Marcio Estacio Duarte Teixeira, de 31 anos, foi socorrido a Santa Casa de Campo Grande após ser atingido por dois tiros na madrugada deste domingo (1...


Lamentável!!! Eu como estudei o Ensino Médio em escolas públicas, posso imaginar a situação destes alunos. Incrível que os ventiladores não funcionam e as cortinas sempre estão estragadas! Por isso cada aluno deve ser responsável na manutenção dos imóveis em sala de aula, pois já vi muitos casos de alunos com vandalismo. depredando os imóveis escolares.
 
Viviane Caetano da Silva em 06/09/2012 12:41:56
Realmente o abandono das escolas são visiveis,só sabem colocar grades,outra questão é não ter agua gelada para as crianças,cade os Direitos das Crianças e adolescentes,deviam fazer umas visitas pelas escola.
 
Lia Alves em 06/09/2012 12:38:54
Estudei por tres anos na escola, e atuei junto a direção e aos alunos, com o gremio estudantil, nossa escola sempre foi alvo de muita reclamação, apesar de ser cogitada como modelo por muitos, mais a verdade é qe sempre fomos muito esquecidos, tendo qe se virar com o qe tinhamos, ninguem fazia quase nada pela gente, precisamos da atenção das autoridades.
 
Alisson Nogueira Araujo em 06/09/2012 12:32:56
Os diretores de escola e nós presidentes de APM (Associação de pais e mestres)bem sabemos que esta reformas são tão confiáveis que não temos acesso as planilhas para saber o que deveria ser feito, e na maioria das reformas elas são aditadas,com alegação que ficará mais cara do que o previsto já que não e necessário nova licitação.
 
Maria Madalena Alves em 06/09/2012 12:29:00
Infelizmente as notícias de cunho polêmico e de dificil alcance são noticiados, em nenhum momento noticiaram que essa escola na qual fiz parte por 03 anos está entre as 10 melhores nos resultados do Enem (www.mec.gov.br), acima da média estadual e nacional. Em nenhum momento a imprensa em geral noticiaram um projeto aprovado na USP-SP durante a Feira Brasileira de Ciência e Engenharia - FEBRACE.
 
Paulo Filho em 06/09/2012 02:20:30
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions