A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 22 de Setembro de 2018

22/08/2018 14:47

Alunos sinalizam trilha em reserva para observação de pássaros e árvores

Espaço de 30 hectares tem QR-Codes para identificar espécies

Kleber Clajus
Professor Márcio Valençuela explica o projeto ao prefeito Marquinhos Trad (PSD) com ajuda de alunos (Foto: Kleber Clajus)Professor Márcio Valençuela explica o projeto ao prefeito Marquinhos Trad (PSD) com ajuda de alunos (Foto: Kleber Clajus)

Nove espécies de pássaros foram identificadas por alunos em reserva próxima a Escola Municipal Agrícola Governador Arnaldo Estevão de Figueiredo, na zona rural de Campo Grande. Foram quatro meses de trabalho que, agora, poderão se tornar atração turística.

Houve mobilização de todas as turmas, conforme a professora e bióloga Rosiane de Morais, para identificar árvores, aves e estruturar a trilha que conta com QR Codes para na palma da mão ter os dados e características presentes nos 30 hectares de mata nativa do Cerrado.

"Alunos do quarto ano identificaram as árvores, do sétimo as aves, do sexto ao nono foram treinados para ser monitores e os do terceiro do Ensino Médio elaboraram os QR-Codes", explicou Rosiane, sobre a trilha que poderá receber grupos agendados com até 10 pessoas.

Com duração de 20 minutos, o passeio busca despertar a consciência ambiental em quem for visitá-lo e mesmo entre a comunidade escolar. O uso da tecnologia, segundo o professor Márcio Valençuela, deverá aprimorar o trabalho de identificação de árvores que já conta com pelo menos 70 delas listadas pelos alunos. "Temos proposta de ampliar esse trabalho".

O prefeito Marquinhos Trad (PSD) percorreu parte da trilha com alguns alunos e inaugurou placa indicativa da trilha que, inclusive, permite baixar gratuitamente no celular um guia de aves com mais de 250 espécies que podem ser avistadas na Capital. 

São parceiros da iniciativa os institutos Arara Azul e Mamede, além da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul). Maristela Benites, pesquisadora do Instituto Mamede, disse que a iniciativa permite integrar escola e cidade com foco na conservação ambiental. 

Para agendamento de visitas é necessário enviar e-mail para escolaagricola@yahoo.com.br.

Placa indica início da trilha com duração de 20 minutos em mata nativa do Cerrado (Foto: Kleber Clajus)Placa indica início da trilha com duração de 20 minutos em mata nativa do Cerrado (Foto: Kleber Clajus)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions