ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, SEGUNDA  24    CAMPO GRANDE 22º

Capital

Alvos de operação, motoristas no celular são flagrados por drone a até 30 metros

A ação tem como objetivo conter informações que costumam causar acidentes

Por Geniffer Valeriano e Antônio Bispo | 08/04/2024 08:59
Drone da fiscalização sobrevoando veículos (Foto: Henrique Kawaminami)
Drone da fiscalização sobrevoando veículos (Foto: Henrique Kawaminami)

Alvos de operação, motoristas usando celular enquanto dirigem podem ser flagrados por drone a até 30 metros de distância. O Campo Grande News acompanhou o início da fiscalização, que a partir desta segunda-feira (8) começa a multar condutores que cometerem infrações.

Para a reportagem, o tenente-coronel Carlos Augusto Regalo contou que a operação tem como objetivo conter informações que costumam causar acidentes. Durante a semana passada, o drone encontrou mais de 100 motoristas usando celular ao volante ou furando o sinal vermelho. Por estar em fase de orientação, nenhum motorista foi multado.

Por meio do controle, agente consegue identificar as infrações (Foto: Henrique Kawaminami)
Por meio do controle, agente consegue identificar as infrações (Foto: Henrique Kawaminami)

Nesta segunda-feira, as equipes ficaram por cerca de uma hora no cruzamento da Avenida Afonso Pena com a Rua Bahia. Durante a primeira hora em que a operação ocorreu, nenhuma infração foi flagrada pelos militares.

“A operação está iniciando na segunda-feira porque é o dia em que estatisticamente tem mais acidentes no trânsito, muito mais que sexta-feira e sábado. Não sei se é porque as pessoas estão mais apressadas ou mais estressadas porque a semana está começando, mas verificamos que é um dia com muitos registros de acidentes”, explicou.

Tenente-coronel Carlos Augusto Regalo (Foto: Henrique Kawaminami)
Tenente-coronel Carlos Augusto Regalo (Foto: Henrique Kawaminami)

Com capacidade de ficar a 20 km de distância do agente que estiver operando, o drone captura imagens nítidas mesmo estando a 20 ou 30 metros acima do motorista. Carlos ainda enfatiza que o drone não deve substituir o policial. “Ele tem a função de ser uma extensão dos olhos do agente”, finaliza.

Preparado, o construtor Jonas de Almeida, de 65 anos, conta que já sabia que a fiscalização começaria a multar nesta segunda-feira. “Acho a ação correta porque isso vai atingir motoristas que cometem infrações e coisas erradas no trânsito. Como motorista vejo diariamente diversas infrações sendo cometidas no trânsito de Campo Grande”, disse.

Fábio Arruda, de 38 anos, ficou sabendo da operação nesta manhã, enquanto escutava rádio a caminho do trabalho. “Acho a ação muito certa, porque isso vai ajudar a diminuir as infrações que as pessoas cometem aos montes aqui no trânsito de Campo Grande”, afirmou.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias