A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 18 de Setembro de 2018

09/03/2018 12:51

Amorim, Giroto e mais 2 presos chegam ao Centro de Triagem

Eles foram alvos da Operação Fazendas de Lama, a 2ª fase da Operação Lama Asfáltica, em 2016

Guilherme Henri e Mirian Machado
Edson Giroto desembarcando e sendo escoltado por policial no Centro de Triagem (Foto: Mirian Machado)Edson Giroto desembarcando e sendo escoltado por policial no Centro de Triagem (Foto: Mirian Machado)

Alvos na operação Lama Asfáltica, Edson Giroto, Flávio Henrique Garcia Scrocchio, João Alberto Krampe Amorim dos Santos, e Wilson Roberto Mariano de Oliveira, o Beto Mariano, já estão no Centro de Triagem Anísio Teixeira, no Jardim Noroeste, na Capital.

Os quatro investigados chegaram dentro de uma van, que era escoltada por duas viaturas da Polícia Federal, no início da tarde desta sexta-feira (9). O veículo entrou na unidade penal onde os investigados ficaram presos.

Antes, eles estavam no Imol (Instituto de Medicina e Odontologia Legal) onde passaram por exames de corpo de delito.

Eles são alvos da Operação Fazendas de Lama, a 2ª fase da Operação Lama Asfáltica, em 2016 e estavam em liberdade por força de liminar, que foi cassada pela 1ª Turma do STF (Supremo Tribunal Federal).

Van onde quatro investigados estavam dentro do Centro de Triagem (Foto: Mirian Machado)Van onde quatro investigados estavam dentro do Centro de Triagem (Foto: Mirian Machado)

Histórico na Justiça – O STF negou pedido de revogação da prisão preventiva do empresário João Amorim na terça-feira (6). Ele havia sido preso no dia 10 de maio de 2016 e a liberdade veio no dia 24 de junho daquele ano, quando o ministro Marco Aurélio considerou que não havia elemento concreto para justificar a prisão e concedeu liminar em pedido de habeas corpus.

A decisão da 1ª Turma se estende a todos os outros sete alvos da Operação Fazendas de Lama, conforme consta no comunicado do STF enviado por fax à 3ª Vara Federal Criminal de Campo Grande.

Para Ana Paula Ana Paula Amorim Dolzan, Mariane Mariano de Oliveira, Rachel Rosana de Jesus Portela Giroto e Elza Cristina Araújo dos Santos, Justiça expediu ordens de prisão domiciliar.

A operação - A Lama Asfáltica investiga desvios de verbas em obras do governo estadual na gestão de André Puccineli (MDB). A Fazendas de Lama apura a compra de fazendas, em nome de laranjas, com o dinheiro supostamente desviado.

Veja o vídeo:



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions