A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 17 de Janeiro de 2018

10/08/2015 09:55

Antes de assembleia, professores fazem panfletagem em frente à prefeitura

Flávia Lima
Professores voltam a panfletar em frente a prefeitura. (Foto:Marcos Ermínio) Professores voltam a panfletar em frente a prefeitura. (Foto:Marcos Ermínio)

Professores em greve da rede municipal realizam na manhã desta segunda-feira (9), panfletagem em frente à prefeitura da Capital, na Avenida Afonso Pena. A intenção é continuar chamando a atenção da população quanto a reivindicação da categoria, que é o pagamento do reajuste de 13%. A ação deve durar toda a manhã.

Na sexta-feira (6), como ressaltou o prefeito Gilmar Olarte (PP), houve uma última tentativa de negociação dentro da realidade financeira da prefeitura. A administração ofereceu o índice pedido pelos professores, porém no vale alimentação, que seria concedido em parcelas até o início de 2016. O primeiro índice a ser liberado, caso a categoria aceitasse seria de 8% já neste mês.

No entanto, a categoria rejeitou a oferta e na tarde desta segunda-feira irá colocar em votação a proposta de acionar, em conjunto com a prefeitura, o Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, de forma que a questão seja julgada com agilidade, colocando fim ao movimento. Já o secretário de Governo, Paulo Matos acredita que essa ação em conjunto deve estar atrelada a volta dos professores para a sala de aula.

"Vamos colocar a questão em votação, mas também já vamos discutir o calendário do movimento para toda a semana", destaca o presidente da ACP, Geraldo Gonçalves.

O secretário Paulo Matos voltou a destacar que a administração vem tomando medidas, desde  final de 2014, para equacionar as contas. Com os cortes feitos, a folha de pagamento, que em março totalizou R$ 108 milhões, caiu para R$ 90 milhões em junho. Em abril, cerca de 53,9% das receitas da prefeitura eram gastas em salários. Hoje, o número está em 53,4% e precisa chegar a 51,3%. 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions