A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 25 de Setembro de 2018

31/05/2018 09:35

Ao sair de bar, motorista é raptado e forçado a participar de roubos

A vítima só conseguiu fugir quatro horas depois, quando entrou em luta com um dos autores

Geisy Garnes

Um homem de 39 anos foi raptado e forçado por três assaltantes a participar de outros dois crimes na madrugada desta quinta-feira (31), em Campo Grande. A vítima foi abordada pelos bandidos na saída de um bar na Vila Bandeirantes, e só conseguiu fugir quatro horas depois, quando entrou em luta com um dos autores.

Para a polícia, a vítima contou que foi raptada por volta das 00h30, quando deixava um bar da Vila Bandeirantes. Ao chegar ao carro, que estava estacionado na Rua Jamil Nachif, foi surpreendido pelo bandido. Com uma faca, o suspeito mandou que ele entrasse no Peugeot 206.

Sob ameaça, a vítima obedeceu o assaltante e ainda foi obrigada a parar poucos metros do local do crime para “pegar” outros dois suspeitos. O trio ordenou que a vítima dirigisse pelas ruas da Capital, até avistar duas mulheres caminhando pela rua. A mando dos bandidos, a vítima parou próximo às duas e um dos autores desceu do carro.

Depois de roubar as bolsas e os celulares das mulheres, o suspeito voltou ao Peugeot e ordenou que a vítima fugisse. Os assaltantes então foram até região da UCBD (Universidade Católica Dom Bosco), onde um dos autores assumiram a direção do veículo. A vítima passou para o banco de trás.

Os suspeitos seguiram em sentido a saída da cidade para Sidrolândia, e no Bairro Coophavila II abordaram a terceira vítima. Para a polícia, a vítima contou que os bandidos tentaram assaltar o motorista de um Corsa Sedan, mas que ele percebeu a aproximação do trio e conseguiu fugir em alta velocidade.

Sem conseguir cometer o crime, os bandidos foram ao Bairro Dom Antônio. Lá, dois dos suspeitos desceram e mandaram que a vítima voltasse para o bando da frente. Sozinho com o bandido que estava na direção, o homem de 36 anos reagiu, arrancou a chave da ignição e tentou fugir, mas foi impedido pelo autor.

Os dois entraram em luta, e depois de roubar o celular da vítima, o assaltante fugiu a pé. A vítima voltou para casa às 4h30 e procurou a polícia em seguida. O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga como roubo majorado pela restrição de liberdade da vítima. Os suspeitos não foram localizados.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions