A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 18 de Setembro de 2018

28/05/2018 17:46

Suspeito de roubos que foi baleado após atirar contra policial é identificado

Luiz Eduardo Souza de Faria tem 34 anos e está internado em estado grave na ala vermelha da Santa Casa; ele é suspeito de ter cometido um roubo e atirado contra investigador

Humberto Marques, Geisy Garnes e Izabela Sanchez
Suspeito foi baleado na cabeça após atirar contra policial civil. (Foto: Kleber Clajus)Suspeito foi baleado na cabeça após atirar contra policial civil. (Foto: Kleber Clajus)

Foi identificado como Luiz Eduardo Souza de Faria, 34, o homem baleado na cabeça após reagir a abordagem policial na tarde desta segunda-feira (28) no Centro de Campo Grande. Ele foi levado para a Santa Casa, onde segue na área vermelha do pronto-socorro em estado grave, sedado e entubado, aos cuidados da equipe de neurocirurgia. Segundo familiares, ele estava fora de casa há alguns dias e não tinha passagens policiais, embora fosse suspeito de ter cometido oito roubos no Centro da cidade.

Conforme as autoridades policiais, Luiz teria roubado um telefone celular e fugido. Na região da avenida Mato Grosso, entre as ruas Rui Barbosa e 13 de Maio, uma aglomeração de pessoas chamou a atenção de um investigador de polícia que passava pelo local em seu carro.

Questionados, populares informaram que um homem que empurrava uma motocicleta teria terminado de praticar um roubo. O policial civil, que estava em mão oposta, fez a conversão na rua Rui Barbosa e alcançou Luiz, percebendo que a motocicleta não tinha chave, obstruindo a passagem. Concluindo se tratar de um furto, ele ordenou que o suspeito colocasse as mãos na cabeça e encostasse na parede para ser revistado.

Disparo – Com a abordagem, uma segunda pessoa que estava em uma moto saiu em alta velocidade. Luiz, por sua vez, teria permanecido parado. Assim que o investigador desceu do veículo, ainda de acordo com as informações policiais, deu nova ordem para Luiz, que tentou baixar o pé da moto e, ao não conseguir, soltou-a e sacou uma arma, atirando contra o policial, errando o disparo.

O agente de segurança então efetuou um disparo contra Luiz, atingindo o suspeito na cabeça. O policial permaneceu no local e acionou o socorro.

Em vistoria ao revólver apreendido com o suspeito, descobriu-se que ele tentou atirar uma segunda vez –que não percutiu. O tambor tinha um projétil deflagrado e quatro intactos.

Faria, natural de Minas Gerais, estaria há alguns dias fora de casa. Familiares informaram que ele não tinha passagens pela polícia e teria problemas com drogas. A ocorrência será apurada pela Derf (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos). Não há informações sobre o paradeiro do motociclista que fugiu do local ou se o mesmo tem relação com o roubo.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions