A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

28/03/2013 16:25

Aos 78 anos, ele mora sozinho no Los Angeles, está com medo e quer vender a casa

Nadyenka Castro e Viviane Oliveira
Com medo da violência, Antônio pretende vender a casa e se mudar para outro bairro. (Foto: Pedro Peralta)Com medo da violência, Antônio pretende vender a casa e se mudar para outro bairro. (Foto: Pedro Peralta)
Casa onde Cebola foi morto. (Foto: Pedro Peralta)Casa onde Cebola foi morto. (Foto: Pedro Peralta)

Aos 78 anos, Antonio Gomes Ferreira é um dos únicos moradores do Jardim Los Angeles, em Campo Grande, a dar o nome quando o assunto é violência. Mas a coragem dele para aí. Com medo de “malvadezas”, como ele diz, o aposentado não mostra o rosto, colocou a casa onde mora sozinho há sete anos à venda, há uma semana, e conta os minutos para encontrar um novo endereço.

O medo que o aposentado sente se estende a muitos moradores do bairro, apontado como um dos mais violentos da Capital e que nesta quinta-feira foi mais uma vez cenário de tiro e morte. Joaquim Joscelino do Nascimento, de 28 anos, conhecido como Cebola, foi morto em troca de tiros com a PM (Polícia Militar) na rua Lauro Muller.

Uma garota de 13 anos disse que o irmão dela estava com o mesmo grupo de jovens que Cebola e que ele, pouco antes de morrer, planejava assalto a um supermercado. De acordo com a menina, o irmão não deu mais detalhes dos planos de Cebola.

Apesar de Cebola estar supostamente planejando roubo, moradores da região não reclamam de assaltos. Dizem que o problema é a rivalidade entre gangues, cujos integrantes atiram, esfaqueiam, brigam e espalham medo.

“Seu” Antonio pede R$ 35 mil em duas casas em um mesmo terreno. O preço, ele colocou sem nenhuma consulta sobre quanto vale o imóvel, e afirma que só quer fugir de “alguma malvadeza”. Ele também reclama da baderna aos fins de semana. “É muita bagunça e barulho. Não consigo dormir”.

A dona de casa de 23 anos e o marido dela, o servente de pedreiro de 21 anos, também estão com medo. “Principalmente por causa das crianças”, fala o rapaz, pai de dois meninos de quatro anos e de uma menina de um. “A gente não sabe o que vai acontecer, só que tem que se proteger”, diz a jovem.

Troca de tiros – A dona de casa estava com o marido e os filhos na rua onde aconteceu o tiroteio desta manhã. Ela conta que ao ver os policiais, entrou na primeira casa que viu e em seguida ouviu os tiros. “Foi muito rápido Depois já vi o guri sendo carregado”.

Conforme a jovem, Cebola não morava na região, mas frequentava uma casa aonde muitos usuários de drogas vão. A mãe dela viu a troca de tiros, mas, com medo, não aceitou falar com o Campo Grande News, nem mesmo receber a equipe.

Cebola – Segundo a Polícia, Cebola tinha extensa ficha criminal e foi atingido por tiros porque reagiu à prisão. Ele foi encontrado durante buscas a uma quadrilha de assaltantes em Campo Grande.

No início da manhã, os PMs estiveram em uma casa no bairro Moreninhas, onde prenderam três suspeitos, identificados pelos apelidos de Valdivia, Paulista e Bandlouco. No local foram apreendidas porções de maconha e pasta base, além de três armas de fogo, sendo dois revólveres calibre 38 32 e uma pistola 357.

O bandido fazia parte do grupo, mas não estava na casa no momento do flagrante. Em diligências, os policiais acabaram o encontrando no Los Angeles, onde foi morto.

Como faltava ainda mais integrantes, os PMs continuaram com as buscas e localizaram Alessandro dos Santos Melo, de 32 anos, conhecido como Baiano, na avenida Guaicurus, próximo da UPA (Unidade de Proto Atendimento Comunitário) Universitária. Segundo a Polícia, ele também reagiu e acabou baleado.

Baiano foi socorrido e encaminhado para a Santa Casa. Uma mulher que estava com ele foi presa em flagrante e encaminhada para a delegacia.

Homem morto em confronto integrava quadrilha que planejava assaltos
O homem morto em confronto com policiais da tropa de choque da Polícia Militar, hoje pela manhã (28), no bairro Los Angeles, em Campo Grande, planeja...
Guarda oferece palestra sobre prevenção e combate às drogas em Uneis
Jovens da Unei (Unidades Educacional de Internação) Dom Bosco e da Unidade de Internação Feminina Estrela do Amanhã, em Campo Grande, receberam pales...
Cadastramento biométrico é oferecido pela Carreta da Justiça em Anhanduí
Desde o início desta semana a Carreta da Justiça está realizando atendimentos da biometria no distrito de Anhanduí, no município de Campo Grande, gra...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions