A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

27/01/2014 11:20

Apesar de 9 BOs e medida protetiva, gerente vive inferno com ex-marido

Aline dos Santos e Francisco Júnior
Mulher mostras muitos papéis e lamenta não ter nenhuma solução. (Foto: Pedro Peralta)Mulher mostras muitos papéis e lamenta não ter nenhuma solução. (Foto: Pedro Peralta)

Com nove Boletins de Ocorrência e uma medida judicial de proteção nas mãos, uma mulher de 38 anos, que pediu para não ter o nome divulgado, não sabe mais a quem recorrer para se livrar do martírio que vive há dois anos.

Gerente-administrativo de um posto de combustível, ela conta que recebe ameaças toda semana do ex-marido Reginaldo Batista Chaves e denuncia que, ontem à noite, ele investiu uma caminhonete F-1000 contra o portão da casa onde mora, na Vila Imperial, em Campo Grande. “Ele liga no meu trabalho, quando atendo, fala que vai me matar. Já bateu no meu carro. Ameaçou matar nossa filha, matar meu filho”, relata.

Por duas vezes, Reginaldo Chaves foi preso por descumprir a medida protetiva, concedida com base na Lei Maria da Penha. O documento, datado de 9 de abril de 2012, determina que o ex-marido fique a 300 metros da gerente. A primeira prisão foi entre 8 de novembro de 2012 e 8 de fevereiro de 2013. Poucos dias depois, ela relata que sofreu mais ameaças e nova prisão foi decretada em 27 de fevereiro de 2013. Ele ficou preso entre 8 de maio e 26 de junho.

O casamento durou 15 anos. “No começo, ele era tranquilo. Mas depois ficou agressivo, me empurrava. Quando quis separar, passou a me ameaçar. Falava que mataria a nossa filha. Usava isso contra mim”, diz. Ela só tinha autorização de sair de casa para ir ao trabalho. “Um dia, ele chegou bêbado em casa e aproveitei para sair com a minha filha”.

A gerente foi morar com a mãe, mas as ameaças prosseguiram. O primeiro Boletim de Ocorrência por ameaça foi registrado em 2010. Em 2012, foram cinco registros por violência doméstica/desobediência. No ano passado, mais dois boletins por desobediência. O nono e último, por dano, foi registrado na noite de ontem.

Conforme o Boletim de Ocorrência, após forçar o portão da casa as ex-sogra, ele foi para o bairro Guanabara e derrubou uma árvore na rua onde fica localizada a casa da irmã da vítima. A gerente não esconde o temor de que a divulgação na imprensa o torne mais violento, mas diz que não sabe mais o que fazer.

Portão foi forçado com veículo na noite de ontem. (Foto: Pedro Peralta)Portão foi forçado com veículo na noite de ontem. (Foto: Pedro Peralta)

“Não tenho como seguir com a minha vida. É como se não adiantasse nada. Ele até dá risada”, desabafa, dona de tantos papéis e sem nenhuma solução.

A mãe da vítima demonstra preocupação. “Ele já me disse que vai acabar com a família toda”, diz a senhora de 66 anos. A gerente vai fazer nova denúncia à DEAM (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher) e ao MPE (Ministério Público).

Dormindo – Reginaldo Batista Chaves, 42 anos, disse ao Campo Grande News que estava dormindo na noite de ontem, após ter participado de um churrasco na sua residência, e nega a denúncia. “Nem tenho carro, tenho uma moto. Já fui ameaçado constantemente por ela, levei até tiro”, diz.

Segundo ele, os boletins anteriores foram arquivados. “Isso destruiu minha vida. Meu pai foi até internado”, afirma, ao comentar as duas prisões.



Cade a justiça??? Vão esperar matar a mulher??? Que país é esse?!#
 
Jonas Henrique em 27/01/2014 16:45:30
Manda dar uma "TACA" nele bem dada, para ver se ele não para com isso. Ele só faz isso porque ninguém ainda deu um pau nele. Assim que ele tomar uma surra daquelas que vc tem que tomar banho de salmora quero ver se ele vai mais perseguir a mulher ou melhor ex-mulher.
 
Jonatam Shockness em 27/01/2014 16:41:24
MEDIDA PROTETIVA NESTE PAIS E SO PRA QUEM E POLITICO OU AMIGO DE ALGUEM PODEROSO
SE VOCE TIVER COMO MUDAR DE CIDADE FAÇA POIS SO ASSIM PROTEGERA SEUS FILHOS E VOCE
FUJA PRA BEM LONGE ESTA E QUE E A SUA MEDIDA PROTETIVA
 
SILVANA FIALHO em 27/01/2014 16:38:35
Se fosse minha filha, antes ele do que ela. Ta pedindo por isso.
 
Athaide Romero em 27/01/2014 16:19:22
A Castração deste animal seria uma boa medida protetiva neste caso.
 
Carlos Magno em 27/01/2014 16:11:42
Eh como outros leitores ja observaram: Essa eh uma tragedia que vai acontecer mais cedo ou mais tarde, isto e, o ex-marido vai matar alguem. Ai vem o choro e a comocao de todo mundo, "mas como isso eh possivel, em que mundo vivemos, etc" Ai ja sera tarde demais. O cara ja demonstrou que eh de alta periculosidade. Remedio: PENA DE MORTE ja a ele.
 
Jose Goncalves Ferreira em 27/01/2014 15:49:29
Pode contratar um segurança particular e rezar pra Deus!
Esse é do tipo lazarento, só vai deixar vc em paz, ou quando arrumar outra, ou quando bater as botas....
 
José Marcos em 27/01/2014 15:49:21
Acho que a única solução pra melhorar o Brasil é deixar o Brasil mesmo. Aqui não tem mais solução não.
 
Cyro Chan em 27/01/2014 14:53:41
O pessoal esta certo, a lei brasileira protege os bandidos(olha o que políticos fazem e não da em nada?) e o judiciário nem pensa em mudar as mesmas(políticos seriam o primeiros a serem presos!). Não adianta mudar de cidade(a lei é igual em todo pais!), faz como o Lindomar falou e quando ele aparecer disfarça, chega perto e dá-lhe tiro até acaba a munição! Você não ficará presa pois tem os BOs, medida protetiva, a matéria do CGNews e testemunhas a seu favor lhe garantindo que esta era a única maneira de se defender. Maximiliano a culpa não é da polícia! A policia prende mas vem um do judiciário e manda soltar, ai o delegado é obrigado a cumprir a lei(senão ele é exonerado!) e não a justiça. Tem bandido que o policial prende 5 vezes no mesmo mês!
 
Alexandre de Souza em 27/01/2014 14:35:06
Concórdo com o Lindomar, faz um curso de tiro, compre uma arma e, adquira posse legal, isto é possivel e, faz tudo dentro da Lei. Legitima defesa não deixa ninguem atráz das grades. Mas só aja em legitima defesa, pois um ser deste não vale nenhuma bala, mas no caso vai ser o último gasto com ele...
 
Mirtes Lourenço Camilo em 27/01/2014 14:30:17
Tem coragem de ameaçar até os filhos....... O melhor a fazer é abandonar tudo, sei que é difícil, mas é melhor que perder a vida, mude de cidade sem deixar paradeiro, venda suas coisas, comece outra vida com seus filhos, antes que ele mate alguém. Vá morar bem longe, em outro estado até. Cuide de seus filhos.
 
Lenita Santos em 27/01/2014 14:18:03
Seria muito bom castrar esses valentes senhores.
 
mirella forti cossignani em 27/01/2014 14:10:30
acho melhor vc não contar muito com as leis, que já provou em outros casos semelhantes que não servem pra nada ( infelizmente ) pois gente sem vergonha não liga pra leis!!!
 
idevaldo de jesus em 27/01/2014 14:06:47
Vá a uma academia, pague um churrasco para uns 5 ou 6 camaradas bem grandes e peça um favor para eles darem uma boa amassada na lata do ex. Ai ele sossega.
 
Sergio Arantes em 27/01/2014 14:02:15
Não resta outra saída a esta senhora senão contratar alguém para dar uma surra nesse rapaz. Essa surra poderá ser de vara de marmelo e flagrum, cinquenta chibatadas cada.
Duvido que depois dessa surra, esse rapaz voltará a mexer com essa senhora.
 
Carlos Gomes em 27/01/2014 14:02:03
Meu conselho a essa senhora: se não quiser morrer, mude de cidade com sua família. E não diga a ninguém pra onde vai. Eu faria isso, com toda certeza.
 
Maria Lúcia Moreira em 27/01/2014 13:12:57
Esta Lei Maria da Penha só resolve depois que a mulher morre e olhe lá, as leis brasileiras protegem o bandido, assassino e estuprador, estas delegadas deveriam ter vergonha de trabalhar na delegacia da mulher, e se a mulher mata o cretino ela que vai presa, onde está a justiça neste Brasil? Vi um caso que a filha era estuprada pelo pai desde os dez anos, quando ele começou a pegar a irmã menor, ela aproveitando-se que ele estava bêbado e dormindo deu-lhe um tiro matando-o. Esta jovem ficou presa por dezessete anos por matar um canalha, até provar que ele a estuprava.
 
Inês de Souza Lima em 27/01/2014 13:11:01
A policia devia se responsabilizar se algo de ruim acontecer com esta senhora, o delegado que não toma atitude devia ter que arcar com as consequencias caso o pior aconteça, a policia não existe para proteger o cidadão e o patrimonio? Nada mais justo do que eles trabalharem em funcao da proteção de pessoa ameaçada, prende o sujeito, dá uma prensa, sei lá, sejam policiais.
 
maximiliano nahas em 27/01/2014 13:07:04
Faz um curso de tiro e compre uma arma para se proteger. Mas tudo dentro da lei, apesar de burocratico, ainda é possível. Justiça nao protege ninguem !!!
 
Lindomar Nantes Cristaldo em 27/01/2014 12:33:58
Ola sou policial e infelizmente essa lei maria da penha acho que foi criada para arrecadar dinheiro pois pagou a fiança esta liberado e quanto as medidas protetivas voce prende o autor e ele é solto logo em seguida pelo descumprimento da ordem judicial,pela desobediencia deveriam criar a lei descumpriu a ordem fica preso sem fiança
 
claudinei braz de lima em 27/01/2014 12:29:39
" Medida Protetiva..." Que lindo! E bandido respeita leis? KKKKKKKKKKkkkkkkkkkkkkk!!
 
samuel gomes-campo grande em 27/01/2014 12:06:08
Meu conselho a esta mulher se você não quer morrer contrate um segurança particular se esperar justiça não terá nenhuma garantia de segurança o que prometem as mulheres e só propagandeadas.
 
antonio carlos em 27/01/2014 11:33:40
As autoridades estão esperando o pior acontecer, para então tomar providências.
O ex-maridão, toca a vida em frente e deixa a sua ex-esposa tocar a vida. Acho que assim vocês dois só tem a crescer. Pensem nos seus filhos.
 
Orlando Santos em 27/01/2014 11:27:50
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions