A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

20/11/2015 16:46

Após ato, ladrões fazem novo arrastão e faculdade reforça segurança

Filipe Prado
Os alunos vestiram branco e foram a Zahran protestar (Foto: Direto das Ruas)Os alunos vestiram branco e foram a Zahran protestar (Foto: Direto das Ruas)

Após protesto para pedir segurança no Jardim TV Morena, ocasionado depois de arrastão ocorrido no dia 16, duas meninas foram vítimas de assalto na noite de ontem (19). O crime ocorreu cerca de 15 minutos depois da mobilização de 150 estudantes da Faculdade Estácio de Sá, que recolheram assinatura para entregar à Polícia Militar, reivindicando o fim da criminalidade.

A estudante Heloísa Trindade, 19 anos, organizadora do evento, contou que as meninas saiam do ônibus de transporte coletivo, na avenida, e uma delas seguia para a faculdade, quando foram abordadas por dois homens em uma motocicleta. A vítima relatou que uma terceira pessoa estava próximo, mas não soube afirmar se estava os acompanhando.

“É uma palhaçada. Chega a ser uma ironia”, apontou Heloísa. Ela relatou que policiais estavam no local da manifestação, mas foram embora assim que as pessoas foram dispersadas. Três das vítimas celulares foram roubados.

Ela relatou que as universitárias correram até a universidade, após o assalto. “Elas estavam apavoradas”, comentou. Enquanto o efetivo não for maior, Heloisa assegurou que outros protestos irã ocorrer na região. “Não vamos parar, mesmo que tenhamos que fazer toda a semana”.

As assinaturas recolhidas durante o manifesto foram encaminhadas para a Polícia Militar, mas até o momento não teve retorno sobre o policiamento. A estudante disse que ainda hoje (20) deve procurar o comandante da área e pedir posicionamento.

A Faculdade Estácio de Sá, através da assessoria de imprensa, informou que aumentou o efetivo de funcionários, contratando três vigias, e solicitou à prefeitura que realizasse a manutenção da iluminação pública nas imediações e de uma praça próxima à universidade.

A assessoria ressaltou que os assaltos tem acontecido nos arredores da faculdade, mas não dentro ou em frente a universidade. O último aconteceu no ponto de ônibus da Eduardo Elias Zahran, por conta disso vão realizar um estudo, junto a Agetran (Agência Municipal de Trânsito), para mudar a parada do transporte coletivo, remanejando para frente do prédio da Estácio.

Outro projeto é a readequação do estacionamento da universidade, para que os alunos de outros município possam desembarcar dentro da faculdade.

Assalto - O assalto ocorreu por volta das 22h de segunda-feira, a uma quadra da Faculdade Estácio Sá, no Jardim TV Morena, em Campo Grande. Estudantes de Sidrolândia, assaltados por três homens dentro do ônibus, contaram que viveram momentos de terror nas mãos dos bandidos.

De acordo com uma estudante de 21 anos, que preferiu não se identificar, os bandidos esperaram todos entrarem no ônibus, até que invadiram o veículo e anunciaram o assalto. Muito agressivos e armados, os assaltantes ordenaram que todos os 10 passageiros e o motorista, entregassem seus pertences. "Eles ficavam falando que iriam matar o motorista e gritavam para que jogássemos o que tínhamos em uma mochila no chão do ônibus", contou.

Uma das acadêmicas teve de entregar os R$ 120,00 que tinha na carteira, mas conseguiu esconder o celular dos marginais e só por isso conseguiu acionar a Polícia Militar, mesmo assim disse que foi mal atendida pelos policiais. "Liguei e me pediram o endereço certinho, quando eu só sabia dizer que era atrás da TV Morena, fui muito mal atendida", afirmou.

Os marginais, que não usavam capuz por isso, segundo a jovem, foi possível perceber que um deles era moreno, usa barba e aparenta ter aproximadamente 27 anos. Além disso, a moça afirma que o assaltante não lhe era estranho e que ela já o teria visto na Faculdade.

Foram levados seis telefones, um relógio avaliado em R$ 400,00, um par de brincos, pulseira e um montante não calculado em dinheiro.

Ladrões assaltam ônibus em frente de faculdade e promovem arrastão
Três homens assaltaram na noite desta segunda-feira um ônibus da empresa Monte Sião que transporta universitários que estudam em Campo Grande e moram...
Águas Guariroba continua com campanha de renegociação de dívidas
Vai até o dia 29 deste mês a campanha "Fique em Dia", realizada pela Águas Guariroba para renegociar as dívidas que os consumidores têm com a empresa...
Prefeitura e TJ prorrogam renegociação de dívidas ajuizadas até 3ª
O programa de refinanciamento de dívidas da Prefeitura de Campo Grande foi prorrogado até o dia 19 de dezembro, a próxima terça-feira, no Centro de C...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions