ACOMPANHE-NOS    
MARÇO, TERÇA  09    CAMPO GRANDE 21º

Capital

Após chuva, lamaçal é o que resta para moradores do Bairro Nova Lima

Recentemente Prefeitura divulgou que 45 km de vias serão asfaltadas no bairro entre as etapas C e D.

Por Mirian Machado e Tainá Jara | 23/01/2021 15:28
Enchurrada com lama de vias sem asfalto empacam em ruas já pavimentadas (Foto: Henrique Kawaminami)
Enchurrada com lama de vias sem asfalto empacam em ruas já pavimentadas (Foto: Henrique Kawaminami)

Após a chuva que atingiu a Capital neste sábado (23) o lamaçal é algo já previsto por moradores do Bairro nova Lima, região norte da cidade. O bairro ainda segue sendo asfaltado por etapas, enquanto isso as ruas que não tem pavimentação seguem sendo tormento para população.

Além de dificultar a o trânsito de pessoas e carros, as ruas sem asfalto acabam levando lama com a enxurrada até os locais já pavimentados.

Moradora da Rua Agenor Pinto, Regina Evaristo dos Reis de 42 anos, afirma que toda vez que chove o problema se repete. “Chove e vira uma calamidade. Nem conseguimos sair”, reclama, afirmando ainda que mora com a mãe de 78 anos.

Moradores tentam amenizar situação retirando lama com pás (Foto: Henrique Kawaminami)
Moradores tentam amenizar situação retirando lama com pás (Foto: Henrique Kawaminami)

Na mesma rua, a Rosimeire Rodrigues de 51 anos tem uma barraca de garapa. O trabalho, segundo ela, já foi encerrado hoje por conta da chuva. “Moro aqui há 20 anos e a cada chuva fica pior”, explica.

Pouco mais a fundo do bairro na Rua Francisco Pereira Coutinho, o vendedor de picolé João Martins de 24 anos conta que os bueiros da rua ficam entupidos causando assim a enxurrada, por não ter para onde a água escoar.

“Aqui alaga tudo. Faz um ano que estou aqui e toda chuva é assim. Pura Lama”, afirma.

Ainda na mesma rua, a reportagem flagrou moradores com pá tentando amenizar a situação.

Recentemente a Prefeitura divulgou que mais de 45 quilômetros serão asfaltados no Nova Lima entre as etapas C e D que começa na Avenida Zulmira Borda e vai até a Avenida Lino Vilachá, que fica na divisa com os bairros Colúmbia e Anache.

Ainda no mês de janeiro uma rotatória será construída no cruzamento das ruas Jerônimo de Albuquerque e Marquês de Herval, este trecho também será duplicado.

O último trecho na Av. Zulmira Borda até a Francisco Pereira Coutinho também será duplicado.

Parte da Avenida Cândido Garcia onde asfalto ainda não chegou (Foto: Henrique Kawaminami)
Parte da Avenida Cândido Garcia onde asfalto ainda não chegou (Foto: Henrique Kawaminami)


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário