A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

11/07/2012 15:11

Após morte de bebê, pediatra alerta mães sobre cuidados na hora de amamentar

Mariana Lopes

Segundo o Samu, no primeiro semestre deste ano foram registrados 23 atendimentos com afogamento de crianças

Abalada, mãe de bebê morto reebe ampara dos familiares na varanda da casa (Foto: Minamar Júnior)Abalada, mãe de bebê morto reebe ampara dos familiares na varanda da casa (Foto: Minamar Júnior)

Após a morte de um bebê recém-nascido, na manhã desta quarta-feira (11), possivelmente afogado pelo leite materno, médicos alertam para os cuidados que as mães devem ter na hora de amamentar os filhos. A principal regra é prestar atenção a todos os movimentos do bebê.

O pediatra Edmar de Azambuja Salles enfatiza que durante a amamentação a mãe precisa estar atenta se o bebê está sugando e engolindo o leite. “Principalmente em casos de recém-nascidos, que estão aprendendo a mamar”, diz.

No caso dos prematuros, o pediatra afirma que a preocupação deve ser ainda maior. “Quanto menor o bebê, menor é a sucção, ele precisa se habituar ao peito”.

Segundo o doutor Edmar, nos primeiros meses de vida é comum os bebês terem refluxo, o que pode fazê-los golfar. “A nossa válvula cárdia, localizada entre o esôfago e o estômago, se desenvolve conforme crescemos, e nos recém-nascidos elas são mais moles, por isso eles têm mais facilidade em vomitar do que os adultos”, explica o médico.

Após o bebê terminar de mamar, as mães devem colocá-los para arrotar, na posição vertical, com tapas leves nas costas. "Isso vai até eles conseguirem sentar sozinhos, que é quando também conseguem arrotar sozinhos", diz.

Outro alerta importante que o pediatra faz é justamente quando os bebês vomitam. "Já vi muito caso de mães levantarem os filhos, mas o correto é virá-los de lado e deixá-los vomitando", orienta Edmar.

Caso-Na manhã de hoje, uma adolescente de 15 anos amamentava a filha, de um mês, e acabou dormindo com ela no colo. A família da garota contou ao Campo Grande News que ela estava na casa sozinha com o bebê e por volta das 5h acordou para amamentá-lo, mas acabou pegando no sono enquanto a filha mamava.

Ao acordar, conforme a adolescente disse ao pai, ela viu que a filha dela estava morta, com sangramento no nariz, e chamou o Samu. A mãe não sabe dizer se a filha engasgou com o leite ou se ficou sufocada no peito dela.

O bebê nasceu prematuro no dia 6 de junho, conforme informações da Polícia Militar, e estava na casa da adolescente desde o dia 13 do mês passado. Ela mora com a mãe, que havia saído para trabalhar às 4h30 de hoje, no bairro Nova Campo Grande. A família ainda não registrou o nascimento da criança.

Segundo delegado Natanael Costa, da 7ª Delegacia de Polícia, o caso será registrado como Morte a Esclarecer e foi descartado homicídio. “Parece ser um acidente, descuido da mãe”, pontua.

Levantamento-Segundo o setor administrativo do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), no primeiro semestre de 2012, foram 23 casos de engasgo de crianças atendidos.

Promotoria e prefeitura firmam acordo para recuperar área de preservação
Foi celebrado entre o MPE (Ministério Público Estadual) e a prefeitura de Campo Grande acordo para recomposição da vegetação nativa da área de preser...
Concurso recebe inscrições para 83 vagas técnico-administrativas
Seguem abertas as inscrições para o concurso que oferece 83 vagas para técnico-administrativos em Educação na UFMS (Universidade Federal de Mato Gros...
Vice-governadora visita projeto em que detentos reformam escolas
O projeto "Pintando e Revitalizando a Educação com Liberdade", desenvolvido pelo Poder Judiciário estadual, foi conhecido e elogiado na sexta-feira (...
Crianças do Vespasiano Martins recebem Papai Noel e ganham presentes
As crianças do loteamento Vespasiano Martins, na periferia de Campo Grande, receberam a visita especial do Papai Noel neste sábado (16). Foram distri...


Que deus conforte o coração desta mãe...descuido ou não eu imagino a dor que ela esta sentindo,tive uma experiencia dolorosa a pouco tempo com meu filho também recém- nascido,mas graças a deus ele já esta bem.
 
ANA PAULA DE SOUSA RIBAS em 11/07/2012 04:27:49
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions