A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 10 de Dezembro de 2017

19/10/2016 15:52

Após reportagem, rapaz está perto de conseguir cirurgia de R$ 28 mil

Amanda Bogo
Murillo, 19 anos, foi diagnosticado com ceratocone; para pagar cirurgia de R$ 28 mil, jovem começou vaquinha online (Foto: Reprodução)Murillo, 19 anos, foi diagnosticado com ceratocone; para pagar cirurgia de R$ 28 mil, jovem começou vaquinha online (Foto: Reprodução)

Murillo Ribeiro Freitas, 19 anos, que começou uma arrecadação online após ser diagnosticado com estágio avançado de ceratocone na tentativa de pagar a cirurgia, algo em torno de R$ 28 mil, está mais próximo de conseguir fazer o procedimento pelo SUS (Sistema Único de Saúde). A previsão é de que ele consiga ser atendido por um especialista no dia 30 deste mês.

De acordo com o coordenador estadual de regulação da SES (Secretaria de Estado de Saúde), Ed Carlos Brito Borgatti, a Central Estadual de Regulação Assistencial trabalha inicialmente com a possibilidade de que Murillo seja atendido pelo especialista Fábio Vieira no dia 30 deste mês no Hospital Municipal de Chapadão do Sul, distante 321 de Campo Grande, porém a data só será confirmada na próxima segunda-feira (24).

"Será uma consulta de avaliação para já encaminhá-lo para a cirurgia. Estamos com uma excelente equipe em Chapadão do Sul, e eles se propuseram a dar todo o suporte para ele. Estou muito otimista para que dê certo", afirmou. A data da cirurgia só será precisada após o atendimento.

Até o momento o rapaz conseguiu arrecadar R$ 1.595 (Foto: Reprodução)Até o momento o rapaz conseguiu arrecadar R$ 1.595 (Foto: Reprodução)

O coordenador disse que ficou sabendo do caso de Murillo após ler a matéria que o Campo Grande News produziu na sexta-feira (14), onde contava sobre a "vaquinha" online que o rapaz estava promovendo. "Li a matéria e pedi para que encontrassem o contato dele. Liguei para ele no sábado passado". Ed Carlos completou afirmando que a doença do rapaz exige que o procedimento cirurgico seja feito com rapidez para que não haja prejuízos maiores a saúde do jovem.

Murillo afirmou ao Campo Grande News que o coordenador entrou em contato para saber qual era o procedimento cirúrgico que ele precisava passar, e que até o momento aguarda novas informações sobre o agendamento.

"Vaquinha" online e mobilização - A "vaquinha" online começou a ser feita na quinta-feira (13), após o irmão de Murillo sugerir a ação. Quando a equipe do Campo Grande News conversou com o rapaz, R$ 240 reais haviam sido arrecadados e outros R$ 170 em boletos bancários estavam pendentes. Hoje o valor está em R$ 1.595 , e outros R$ 1.673 estão pendentes.

Além da arrecadação, que pode ser acessada aqui, amigos e pessoas que se sensibilizaram com a história do rapaz estão promovendo ações para ajudar. “Em Chapadão do Sul vai ser realizado um desafio do bem onde o dinheiro vai ser doado para realizar o procedimento. Um vereador da cidade também doou mil reais para ajudar, além de uma balada que estão organizando em Cassilândia”, explicou Murillo animado.

Caso - O rapaz é de Cassilândia, distante 418 km da Capital, e atualmente mora em Campo Grande. Em 2015, foi diagnosticado com ceratocone, doença que afeta a córnea e provoca percepção de imagens distorcidas. A evolução da enfermidade é progressiva com o aumento do astigmatismo, miopia e acentuada baixa de visão.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions