ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, QUINTA  22    CAMPO GRANDE 26º

Capital

João não pode mais brincar após ter crânio fraturado em acidente que matou o avô

Família realizará almoço solidário para custear cirurgia com prótese avaliada em R$ 100 mil

Karine Alencar | 14/09/2022 18:00


A história de João Carlos, de 10 anos, mostra mais uma vez, o que a imprudência pode gerar na vida de uma família. A vida do menino parou, depois de acidente envolvendo motorista bêbado, em fevereiro deste ano. O avô morreu e ele ficou com sequelas que o impedem até  de ir à escola.

Agora, amigos e parentes realizarão um almoço beneficente no dia (9) de outubro, para custear uma cirurgia com prótese para o pequeno, que teve o crânio fraturado.

"Eu estava indo embora, veio um cara alcoolizado, bateu no carro do meu avô e ele faleceu na hora. Eu fiquei em estado grave e fui para a UTI na Santa Casa de Campo Grande. O almoço beneficente é para eu fazer uma prótese porque aqui não tem osso", disse o menino, mostrando parte da cabeça que ainda carrega marcas do incidente.

O depoimento foi gravado em vídeo, encaminhado ao Campo Grande News, pelo irmão de João. Nas imagens, o menino pede ajuda para que as pessoas comprem o convite da ação solidária marcada para o próximo mês.

De acordo com o irmão dele, Carlos da Silva de 18 anos, desde que tudo aconteceu, João ficou impossibilitada de brincar, fazer atividades rotineiras, e até mesmo frequentar a escola. Agora, a esperança é que a quantia seja arrecadada e João Carlos possa ter uma vida tranquila, assim como outras crianças saudáveis.

Menino teve o crânio fraturado em acidente de carro em fevereiro deste ano (Foto: Arquivo pessoal)
Menino teve o crânio fraturado em acidente de carro em fevereiro deste ano (Foto: Arquivo pessoal)

"Essa cirurgia com a prótese custa R$ 100 mil, nós não temos como pagar e ele sente muita dor de cabeça. O médico que nos atende disse que o procedimento não é fornecido no SUS, e pediu para a minha mãe agilizar o processo", lamentou, ao contar que há seis meses abriu uma vaquinha, mas só conseguiu arrecadar R$ 5 mil até hoje.

Apesar de não ter obtido sucesso na primeira ação, otimista a família já está com tudo preparado para realizar o churrasco, e já fecharam até 'parceria' com cantores da cidade, que prometem animar o dia com muita música boa.

Os ingressos são vendidos a R$ 30 antecipados e R$ 35 no dia do evento solidário, que será realizado na Rua Senador Queirós, 1247, no bairro Coophamat, em Campo Grande, a partir das 11:00h. O almoço será servido às 12h com encerramento previsto para encerrar às 14h. Interessados podem entrar em contato através do (67) 9 9984-0462, ou (67) 9 9814-9428.

Nos siga no Google Notícias