A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

30/12/2013 18:35

Apostadores deixam “fezinha” para última hora e lotam lotéricas

Lidiane Kober e Filipe Prado
Apostadores enfrentam fila para concorrer a super prêmio da Mega da Virada (Foto: Marcos Ermínio)Apostadores enfrentam fila para concorrer a super prêmio da Mega da Virada (Foto: Marcos Ermínio)

Em Campo Grande, apostadores deixaram a “fezinha” para a última hora desta segunda-feira (30) e lotaram algumas lotéricas da cidade. A espera passou de meia-hora para poder concorrer ao super prêmio de R$ 220 milhões da Mega-Sena da Virada.

Pouco antes das 18 horas de hoje, mais de 50 clientes aguardavam na fila da lotérica, localizada no Ford Atacadista, do Bairro Lar do Trabalhador. “Estou aqui há 25 minutos e tem ainda 15 pessoas na minha frente”, contou o encarregado de manutenção, Charles Dezen, 29 anos.

Para ele, a fila é resultado da mania do brasileiro de “deixar tudo para a última hora”. “Fora isso, tem o fato de muita gente sair do trabalho neste horário”, completou para justificar a lotação.

Com a justificativa de escapar da espera, o autônomo Alberto Farrell, 54 anos, vendia bilhetes de bolão na frente do supermercado. Os valores variavam de R$ 10 a R$ 150, dependendo da quantia de números. Já na lotérica da Avenida Júlio de Castilho, no Bairro Panamá, a fila passava de 30 pessoas.

Amanhã é o último dia para concorrer ao prêmio de R$ 220 milhões, montante suficiente para comprar 242 carros de luxo a venda na Capital por R$ 908,5 mil cada. As apostas poderão ser feitas até às 14h (horário de Brasília).

A Mega da Virada não acumula. Caso não haja ganhador com as seis dezenas sorteadas, o valor será somado ao rateio dos acertadores da quina e assim por diante.

Abstenção em concurso da Câmara Municipal da Capital passa dos 30%
O domingo (17) foi de provas para milhares de campo-grandenses, tanto na manhã como no período da tarde, no concurso da Câmara Municipal, que segundo...
Com forte dores, mulher reclama de falta de atendimento em UPA
Mesmo apresentando fortes dores e inchaço na região do estômago, sem conseguir comer a três dias, uma mulher que procurou atendimento na UPA (Unidade...
Problema rotineiro, chuva causa alagamentos no bairro Cidade Morena
A chuva que atingiu Campo Grande no fim da tarde deste domingo (17) causou vários problemas à população, desde alagamentos a problemas estruturais em...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions