A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

26/04/2011 12:15

Igreja pode ser contruída em área da Praça do Papa, em memória a João Paulo II

Paula Vitorino

Beatificação do Papa João Paulo II será no domingo, com Missa Solene na Capital

Área fica perto da Praça do Papa, no bairro Santos Amaro.Área fica perto da Praça do Papa, no bairro Santos Amaro.

Há poucos dias da beatificação do Papa João Paulo II, a Arquidiocese de Campo Grande encaminhou ofício a Prefeitura Municipal pedindo a doação e construção de uma igreja em uma área pública em frente a Praça do Papa – bairro Santo Amaro.

A informação é da assessoria da Arquidiocese, mas de acordo com o Arcebispo de Campo Grande, Dom Vitório Pavanello, o pedido ainda não foi oficializado. Ele esclarece que o objetivo é proporcionar aos fiéis um espaço de oração pública.

“Assim como construíram o belo santuário ao Papa na área, também é justo fazer uma igreja, um local de oração e que sirva como patrimônio público em memória de João Paulo II”, explica.

A assessoria da Prefeitura Municipal informou que ainda não tem nenhuma resposta oficial sobre o pedido, que só deve ser protocolado na próxima semana.

Beatificação - No próximo domingo (1), a Arquidiocese de Campo Grande celebra Missa Solene em ação de graças à beatificação do Papa João Paulo II, que acontece no Vaticano no mesmo dia. A celebração será às 8h, na Praça do Papa.

“Vamos daqui, em oração, agradecer a Deus pela beatificação de João Paulo II, que já terá acontecido no Vaticano. Convido toda a comunidade a participar e orar conosco”, ressalta Dom Vitório.

A cerimônia acontecerá na Itália no horário equivalente à madrugada de domingo, no Brasil. A missa em ação de graças também será celebrada em diversos países, simultaneamente.

Em Campo Grande, a Missa Solene deve reunir várias comunidades Católicas da Capital.Os fiéis das paróquias em torno da praça, como Aparecida, Perpétuo Socorro e Coração Eucarístico de Jesus, sairão em procissão até o local da celebração.

Durante toda esta semana, cada comunidade está realizando atividades diversas em agradecimento a beatificação, que incluem terços e missas diárias.

Durante discussão, adolescente de 17 anos é esfaqueado pelo amigo
Um jovem de 17 anos foi levado em estado grave para a Santa Casa após ser esfaqueado na noite deste sábado, na frente da casa em que mora no Bairro G...
Após furtar obra, ladrão é capturado por moradores e ferido a tiros
Marcio Estacio Duarte Teixeira, de 31 anos, foi socorrido a Santa Casa de Campo Grande após ser atingido por dois tiros na madrugada deste domingo (1...


sou contra, mas será que pensam assim os politicos que detem a caneta , ano que vem tem eleições municipais, e percebo que isto é vicio, Roma sempre quer mais territorios e influencia(poder), mais pontos de coleta, naquela area como ja foi dito ak é de todos , seja catolico, espirita , evangelico e demais religiões. É ecumenica.
 
Jeferson Antunes em 27/04/2011 12:32:35
Se a prefeitura entender que deve doar o terreno, ela vai doar e pronto. A gora o que é preocupante é que prá construir um templo onde pode servir de orientação para os perdidos, muita gente ai está contra. Mas para gastar o dinheiro público para promover carnaval que nada mais é do que a perdição e degradação moral do ser humano, essas pessoas querem; Arrependei-vos enquanto é tempo!!!
 
Ivo Serra em 27/04/2011 12:28:51
Sou católico sim!!!
Sou contra, isso de doação a igreja . A area pertence ao municipio e o que pertence ao municipio é do povo. O falecido papa João Paulo ll, não necessita de nada disso quem partiu não precisa de nada em materia de homenagens e sim de orações. A igreja de uns tempos para cá entrou numa de beatificar varios simples mortais, usando o nome desses falecidos para arrecadar dinheiro. Esse negócio de construir igrejas para homenagear este ou aquele ja não funciona, isso vingava na época da escravidão que a mão de obra era escrava e depois os miseraveis não podiam entrar na igreja pois era para a elite.
O arcebispo de Campo Grande, Dom Vitorio Pavanello não conhece pobre só reconhece rico, vive no meio da elite campograndensse. Nos anos 90 este senhor saiu em Campo Grande pedindo dinheiro aos empresários para construir uma nova diocese, não saiu do papel e o dinheiro arrecadado até hoje ninguem sabe e ninguem viu.
A poderosa igreja católica vive pagando no exterior indenizações monstruosas devido aos crimes de pedofilia dos seus padres e aqui no Brasil querendo area do povo e dinheiro do povo para construir igreja. É um absurdo!!!!
Não se le na biblia que JESUS CRISTO, pediu dinheiro para alguem ou mandou alguem construir igrejas. Ele pregava sua palavra nos campos, subia em uma pedra e falava ao povo. Os que se dizem seus dicipulos querem mordomias e o pior, tudo de graça, como se diz na bôa!!!
Peguem os padres só uma parte da arrecadação mensal da poderosa UCDB e compre uma area e construa com dinheiro proprio quantas mega igrejas quizerem.
Aposto que o referido senhor arcebispo deve estar correndo atraz para explorar o lado religioso do vereador Paulo Siufi. Espero que o vereador não entre nesta.
O povo de Campo Grande esta precisando de escolas, creches etc... isso sem contar a saude publica que esta um caos.
Com o povo a palavra....
 
Alfredo Carvalho em 27/04/2011 11:35:41
Parece piada isso

O terreno está a decadas abandonado

Edson Souto: Eu estudei de graça em colégio católico sim, e presto serviço a crianças carentes da zona norte da capital em nome da Igreja católica sem nenhum apoio da prefeitura.

Assim comoo nós fazemos isso tem muitas igrejas q apoiam outras pessoas sem apoio da prefeitura!!

Aquele terreno sem utilidade serviria pra construir uma igreja, e como as outras igrejas, tambem prestar serviço a comunidade como psicologia, cursos profissionalizantes, festa beneficentes e muito mais!!!

AGORA FAZER BAUBURDIA SOBRE UM TERRENO ABANDONADO É COISA DE GENTE DESOCUPADA QUE NAO GOSTA DE DEUS!!

ANTES DE FALAR QUALQUER COISA VE AS OBRAS FEITAS PELO PAPA JOAO PAULO SEGUNDO, QUE SEMPRE LEVOU A PAZ A TODOS OS CANTOS QUE PASSOU.

ANTES DE FALAR BESTEIRA CONHEÇA-O. SUAS VÁRIAS FACULDADES, FALANDO DEZENAS DE IDIOMAS, LIDERANDO BILHOES DE PESSOAS NO MUNDO INTEIRO, UM TEMPLO É O MÍNIMO QUE SE DEVE FAZER PARA LEMBRAR AS OBRAS QUE ESTE SANTO HOMEM FEZ PARA A HUMANIDADE.

QUANTAS PESSOAS PASSARAM A FAZER O BEM POR CAUSA DE SUAS PALAVRAS!!

QUEM CRITICA É PORQUE NAO O CONHECE!!
 
Deocleciano Ratier Dias de Sá em 27/04/2011 11:34:41
Luciana Coelho:
Com o devido respeito:
"Principio da pré suposição temporal" ?

Depois vem dizer que são os acadêmicos de Direito que estão filosofando!

Era só o que faltava!

Já que o papo chegou nesse nível, vamos perguntar o que o papa João Paulo II acha do assunto, através de algum médium espírita!

Com o devido respeito, claro.
 
Christian da Costa em 27/04/2011 11:08:51
Antes de demonstrarem sua habilidades jurídicas, parecendo um bando de acadêmicos de Direito do primeiro semestre, cada um socio filosofando mais que o outro, atenhan se ao simples fato de fazer uma leitura correta, o que a ''MATÉRIA'' nos traz é o pedido da arquidiocese para doação do terreno, em monento algum a mesma faz alusão que o templo, seja ele católico, evangélico, espírita ou até mesmo ecumênico, será construido com recursos da prefeitura, ou estado ou do governo federal, ficou bem explícito isto, em monento algum se fez menção ao dinheiro do erário, e vale a pena lembrar aqui, é muito melhor encher as pólis ou civitas de templos denominacionais, para que a fé seja manifestada que qualquer forma, do que enche las de penitenciárias e Uneis, seria como o principio da pré suposição temporal, leve os seus para a igreja para futuramente não busca lo na penitenciária.
 
luciana Coelho em 27/04/2011 10:37:40
Interessante foi o comentario feito, pelo cidadão que pede para que a igreja católica seja como as outras, construa o templo com seu próprio dinheiro, mais vale reassaltar, que a nossa igreja não "exige" o dinheiro dos cristãos como outras por aí que constroem templos vistos de qualquer area da cidade !! É preciso que cada um cuide do seu narizinho, e antes de falar tanto da igreja católica, procure ajudar o próximo, ou mesmo ajudar alguém que mora dentro da própria casa... E mais uma coisa, DEIXE DE SER VOCÊ, que perde seu tempo falando o que não sabe, e sendo motivo de risadas pra quem é realmente "um pouquinho" entendor do trabalho que a igreja pratica!
 
Fabiane Sá em 27/04/2011 09:34:35
"Quem critica não conhece a igreja e não faz nada pelos mais necessitados". Bem eu não me lembro de ter pedido 10% do salário daqueles que andam comigo, eu não me lembro de ficar pedindo ofertas pra ninguém todo domingo, ou toda vez que eu os encontrasse, poxa com tanta verba arrecadada tinha que fazer pelo menos umas coisinhas né e muitos desses trabalhos não são tão caridosos assim. Erguer mega templos são uma afronta independente de qual religião for, exploram a ignorância dos seguidores, retiram deles sobre o pretexto de ser obras divinas enquanto pra eles mal sobra o de comer. Isso é uma vergonha. Todos os papas nunca foram representantes de seres divinos nenhum na terra, só fizeram mamar nas doações de fiéis, a igreja católica e sua nefasta história, agora dá uma de boazinha, uma maquiagem para não continuar encolhendo.

Se der terreno pra igreja, eu vou querer o meu também, não somos todos iguais perante a lei ?
 
wilson faria lima em 27/04/2011 09:28:43
Durante a Idade Média, a Igreja Católica criou a Santa Inquisição, através dela confiscava terras de seus opositores, que ousavam contestar o seu poder, não bastando isso os condenavam a morte na fogueira ou de formas cruéis por meio de torturas junto com todos os seus seguidores. A partir desse período a Igreja enriqueceu, não necessitando mais de qualquer ajuda Estatal. Deve ser lembrado à população que o terreno em questão está sendo objeto de disputa judicial, pois o que tem sido noticiado é que fora vendido quase de graça pelo município de Campo Grande para a iniciativa privada.
 
Jane Oliveira em 27/04/2011 09:22:11
Chega de igrejas e templos, a maioria da população campograndense não tem casa própria muito menos um terreno para construir sua casa, porque doar para a igreja? por que não construir casas para nossa gente morar, igreja é o que mais tem em Campo Grande, este espaço deve ser sim melhor ultilizado pela prefeitura de Campo Grande pois é uma área muito valorizada para ser doada para uma igreja, e o povo de baixa renda onde fica não conseguem se quer uma terra para plantar, construir ou mais sua sonhada casa própria. Constroem lá casas lá PÔ...Pois dinheiro publico deve ser gastos para o benefício do povo e não para um grupo religioso usufruir.....
 
Andre Luiz em 27/04/2011 09:13:19
Eu não sei porque tanta polemica, por um pedaço de terra para a construção de uma igreja. Só que o capeta pulo carnaval lá.
 
LUCIA DA SILVA ALTHOFF em 27/04/2011 09:13:00
Prefiro não citar nomes desses ignorantes que dizem tantas besteiras aí, isso se chama falta do que fazer, sou católico apostolico romano e nada nem ninguem vai dizer mal da minha religião, aposto que esses comentários citados são de pessoas que nem se quer sabe sobre qualquer uma religião, vão atras dos "bolsas..." do governo por aí para ganhar algo para vcs, bandos de sem ter o que fazer...
 
gustavo henrique em 27/04/2011 08:31:17
Nao sou catolico nem protestante.. mas uma coisa eu garanto: a igreja catolica possui um dos maiores latifundio do Brasil e do mundo ; porisso nao precisa de doaçao de terreno; eles tem que doar terra para reforma agraria e terrenos urbanos para aqueles que nao as possuem.
Por exemplo: nas penitenciarias estao cheias de presos de baixa periculosidade; e muitos deles sao profissionais inclusive da construção e a familia nao tem onde morar, entao o estado poderiam colocar estes presos para trabalhar, construir casas populares para muitas familias, diminuir suas penas e quando voltar para casa ter sua propria moradia, utilizando estas areas inclusive as da igreja, assim fica mais humana a ressocialização, pensem nisso!!!!!!1
 
Gilson Almeida em 27/04/2011 08:07:34
Heyyyyyyyyyyyyy
Eu também quero meu quinhão.
Pelo menos uns 400 m². Livre de impostos e ITBI e tudo mais.
"Seis são forgadossssssssss"
PQ o Arquibispo não vai capinar braquiária? Prá ver como é difícil ser usurpado pelos impostos e ainda ter que aguentar esse tipo de mendicância..
Ah. vá..
 
Orlando Lero em 27/04/2011 07:35:07
Dá até medo de alguns comentários ... ninguém está contra a igreja católica ... todos sabemos o bonito trabalho que ela presta ... mas ela tbm não paga nenhum imposto pelo trabalho que faz ... é lei ... assim com é lei o estado laico sem "camaradagem" financeira com instituições religiosas quais forem ... façam o templo com os dizímos e tranquilo ... e tem mais uma coisa ... se a igreja faz caridade e etc buscando algo em troca ... no caso doações, construções e etc. (o que não acredito acontecer em virtude da seriedade da instituição) ... complica né?! Não se justifica a construção com a caridade, senão teríamos que construir muitos templos pela cidade, pois muitos religiosos fazem caridade ... e a prefeitura tem outras obrigações com o $ público.
 
Altino Araújo em 27/04/2011 07:21:27
Em um País laico??? Isso é inconstitucional!!!
Cadê o princípio da isonomia com as outras religiões???
Parece que até hoje a igreja católica não aceitou a secularização (separação de Estado e Religião)
Em um País que não tem hospitais, escolas, presídios etc...
Se a igreja católica quer construir um templo, que ela o faça como qualquer outra religião faz nesse País, contrua com seus próprios meios!!!
Tenha a santa paciência!!!!!!!!!!!!!!
 
JEFFERSON NESTOR em 27/04/2011 04:24:28
Com o devido respeito ao Arcebispo... espero que ele não esteja pensando que a prefeitura deva bancar construção de igreja... isso seria um completo absurdo!
 
Cristian Moraes em 26/04/2011 12:45:13
Concordo com a doação desde que se doem terrenos também aos espíritas, umbandistas, evangélicos, se for doar para uma religião, tem que doar para todas as outras. Apesar que doar para a igreja católica, pobrezinha ela né ? tão pouca renda tem o Vaticano, chega a gente fica com dó.
 
wilson faria lima em 26/04/2011 12:44:24
Certamente o espirito de Joâo Paulo II não precisa de obras faraonicas. Existem muitas familias católicas com maior necessidade e a igreja fecha os olhos para não ver. Cuidado com os adoradores do Templo. Cristo tambem podem expulsá-los.
Em tempo. Aquele espaço era para ser um espaço ECUMENICO!!!!Alguem lembra disso??????
 
Edson Souto em 26/04/2011 12:43:00
É incrível como a instituição Igreja Católica é questionada como cometesse o pior erro do mundo em pedir o espaço para construir uma igreja naquele espaço.
Antes da celebração da missa campal, era um terreno abandonado... depois que construiu uma praça para lembrar que o espaço serviu para muita pessoas fazerem uma oração independente da fé que exercia na época.
Agora porque a Igreja pede para que construa lá uma Igreja, muitos contrários a fé católica criticam simplesmente porque foi a instituição "Igreja Católica".
Lamentável a descriminação com os católicos, mesmo sabendo que a maioria dos católicos concorda que não haja dinheiro público (como já foi dito pela maioria) na construção da igreja.
Bem que no Apocalipse de São João fala que os cristãos seriam perseguidos nos fim dos tempos...
 
Antônio Marcos Alencar em 26/04/2011 11:56:34
Eu sou católica, mas não apoio tal iniciativa. Pois, o que é público pertence a todos os campo-grandenses, independente de suas crenças. portanto, a área pública em questão não deve se restringir a uma determinada religião.

Karina Urten
karinaurten@yahoo.com.br
 
Karina Urten em 26/04/2011 11:23:26
ACHO QUE AQUELES QUE CRITICAM A IGREJA CATÓLICA, NUNCA FIZERAM SEQUER PARTE DE ALGUMA COMISSÃO DA IGREJA, POIS FALAM ABSURDOS, SEM CONHECIMENTO DE CAUSA. FIQUEM SABENDO QUE CADA PARÓQUIA TEM SUAS COMISSÕES E SÃO ESSES MEMBROS QUE ADMINISTRAM TODAS AS DOAÇÕES ETC. OS PADRES RECEBEM UMA AJUDA QUANDO TEM ALGUM SOBRANDO, CASO CONTRÁRIO, ELES MUITAS VEZES DOAM SUAS ECONOMICAS PARA A IGREJA NOS MESES QUE FALTAM GRANA PARA COBRIR AS DESPESAS MENSAIS. JÁ FUI TESOUREIRO DA CAE E OLHA QUE MUITOS MESES DO ANO O QUE É ARRECADADO MAL DA PARA COBRIR AS DESPESAS. ENTÃO PESSOAL, ANTES DE FALAR BESTEIRAS, AJUDEM, PAGUEM SEUS DIZIMOS E PROCUREM CONHECER MELHOR OS ACONTECIMENTOS. VEJA QUE A IGREJA CATÓLICA É A ÚNICA IGREJA QUE REALMENTE AJUDA A TODOS. TAMBÉM SOU CONTRA USAR O DINHEIRO PÚBLICO PARA AJUDAR QUALQUER CREDO, MAS ACHO QUE A PREFEITURA DEVERIA DOAR SIM ESTA ÁREA PARA A IGREJA, POIS TRATANDO-SE DO PAPA JOÃO PAULO II, QUALQUER SACRIFICIO É LOUVAVEL, PORQUE O PAPA JOÃO PAULO II FICARÁ NA HISTÓRIA DO MUNDO PARA SEMPRE, PORQUE ESSE TEM QUE SER SANTO...SANTO....SANTO...
 
AILTON RODRIGUES BAIRROS em 26/04/2011 10:11:33
FALAR ... ATÉ PAPAGUAIO FALA!!!!!!!!!!
.
.
ANTES DE FICAR FALANDO AO VENTO.... PROCURE SABER O TRABALHO SOCIAL QUE A IGREJA, EM PARTICULAR, A CATOLICA REALIZA EM PROL DA SOCIEDADE.
- CRECHES;
- ASILOS;
- LAR PARA JOVENS;
- CURSOS PROFISSIONALIZANTES
- E OUTROS;

QUEM FALA MAL É POR INVEJA OU POR FALTA DE CONHECIMENTO.

VALE DIZER, ATÉ AS IGREJAS EVANGELICAS REALIZAM UM BONITO TRABALHO EM PROL DOS NECESSITADOS.

EM CAMPO GRANDE, DE NORTE A SUL DE LESTE A OESTE TEM OBRA SOCIAL DA IGREJA CATÓLICA APOSTOLICA ROMANA.

E OUTRA, O QUE VOCÊ FAZ EM PROL DOS MAIS NECESSITADOS???
 
LINCOLN CÉZAR em 26/04/2011 09:51:41
Gente, sou Católico Apostólico Romano e entendo todo o clamor dessa discussão, entretanto vou tentar dar meu ponto de vista, afim de ajudar a esclarecer esta questão que de certa forma se torna um tanto polêmica.
A àrea que hoje abriga o "Memorial do Papa", nada mais é que uma recordação àqiuele que foi amado e respeitado no mundo todo, independente de "credo"; uma pessoa enviada de Deus!
Portanto o espaço mencionado, nada mais é um reconhecidamente e uma homenagem ao homem que viveu para trazer ensinamentos e dissiminar amor entre a humanidade..
Quanto ao município doar a área para a igreja católica, "não sou favorável, tampouco construir um templo com dinheiro público"; neste caso, acho que o espaço poderia ser disponibilizado à igreja, com reembolso do valor venal aos cofres públicos, mesmo que "parceladamente" e podendo-se, com aplique de algum deságio.
A construção do templo, cabe única e exclusivamente a nossa igreja, e neste caso, uma campanha local para levantamento de recursos, extendida às demais dioceses e unidades federativas, colocariam em cheque a verdadeira união do povo Católico que na maioria das vezes se torna omisso.
Também entendo que mais do que nunca, o Vaticano deve contribuir com uma parte muito significativa dessa "obra", até porque no futuro será mais um templo erguido que estará sob sua jurisdição.
Salvo a basílica de N.S. Aparecida em São Paulo, nossa igreja no Brasil não é possuidora de megatemplos iguais os que muitas outras religiões tem, mas o importante neste momento é lembrá-los que a idéia é boa e louvável, basta apenas saber de onde sairão os recursos, dos cofres públicos é que não poderão sair, afinal como foi dito por um colega acima: Se ajudar uma, tem que ajudar a outra também, afinal vivemos em Democracia.
Abraços a todos e fiquem na paz!
 
Francisco Chagas de Araujo em 26/04/2011 09:31:29
Com o devido respeito à Igreja Católica e ao Arcebispo, creio que não convém o pedido que está em vias de ser formulado ao Município, para que a área em questão seja doada.
Até porque, o nosso Brasil é país laico, não podendo fazer preferências, nem distinções entre as várias confissões religiosas existentes no nosso país
A nossa CF é clara:
Art. 19. É vedado à União, aos Estados, ao Distrito Federal e aos Municípios:
I - estabelecer cultos religiosos ou igrejas, subvencioná-los, embaraçar-lhes o funcionamento ou manter com eles ou seus representantes relações de dependência ou aliança, ressalvada, na forma da lei, a colaboração de interesse público;

Querendo ou não, a doação do terreno importará em estabelecimento de culto (católico), uma vez que a edificação que poderá ser erguida ali será para honrar a memória de uma personalidade católica - o Papa João Paulo II - ... isso tudo em detrimento das outras denominações, que não o tinham como líder nem algo semelhante.
Em outras palavras, com a devida vênia, melhor deixar tudo como está... a Praça do Papa já foi edificada, já é memorial suficiente, para evitar maiores dores de cabeça!
 
Christian da Costa em 26/04/2011 09:31:20
A prefeitura poderia me doar uma pequena parte do terreno né.
não sei pra que fazer algo para alguém que já se foi. Se as pessoas querem orar, não lembro de Deus ter dito que teria que ter um lugar especifico, e se tem que alguem me mostre. OH disperdicio de dinheiro.
Independente de religião, já não há igrejas suficientes...??? As pessoas querem um lugar, mas não leêm nem o indice da Biblia.
Abraço a todos..!!
 
Leonardo Rosa dos Santos em 26/04/2011 09:25:31
Com respeito à todos os católicos, não é possivel adminitir a fala de um pastor "Dom Vitório". É inaceitável o lider religioso querer usar do dinheiro público, impostos, para construir um templo. É muita cara de pau!
Sou conhecedor das praticas caridosas dos membros da Igreja Católica, que são fruto da fé e da opção de cada um, porém, isso não justifica a arrogância do Bispo em querer impor um gasto a prefeitura que é de responsabilidade de seus fiéis. O Estado é laico sr. Bispo, por favor.
 
Silvio vieira em 26/04/2011 08:47:36
Não sou católica, mas acho estranho essa "grita" com o pedido da igreja católica para que seja cedido espaço para construção de templo, quando, pelo que eu sei, agora, só eu estou lutando para que a área toda que foi arrebatada por preço vil e incorporada a empreiteira (aquela que dava mensalão para Prefeito e Vereadores de Dourados).
Estão ai a brandir um suposto Estado Laico, quando, pela omissão, estão assistindo e fazendo parte pela omissão de um estado privatista, que cede seu patrimônio de forma nebulosa em troco de uma obra que deveria ter sido construida em um ano mas que foi se arrastando por quatro anos enquanto a Prefeitura financiava a empreiteira cedendo outras obras para que ela adquirisse o patimônio publico a preço manifestamente abaixo do mercado.
Desafio os "republicanos" a ingressarem na ação popular como, pelo menos, assistente, ou pelo menos que se inteire e protestem contra o descalabro.
 
Beatriz Sanches Pimentel em 26/04/2011 08:40:33
QUER CONSTRUIR IGREJA, COMPRE UM TERRENO E CONSTRUA.......
A QUELA ÁREA É DA POPULAÇÃO DE CAMPO GRANDE....NÃO DA PREFEITURA OU ESTADO........DOAR PARA IGREJA JAMAIS......UMA BOLSA DE ESTUDOS ELES NÃO DÃO...NO MÍNIMO FAZEM CADASTRO PARA "FIES" FINANCIAMENTO ESTUDANTIL.....
COM A ARRECADAÇÃO DA IGREJA DA MUITO PARA COMPRAR UMA ÁREA.......

BEATOS....PAREM, DEIXEM DE SER ...........
 
GILMAR CANDIDO em 26/04/2011 07:49:39
Vivemos em um Estado Laico, ainda não vi nenhuma igreja evangélica, Templo espirita ou mesquita financiada ou doada por Entidades da ADM Pública. Normalmente são os membros e fiéis que buscam meios para as referidas construções, sempre foi assim. Eu estudei no Colégio Dom Bosco e fui acadêmico na UCDB, também não vi nada de doação por lá. Deus não precisa de doação e sim de sacrificios, se os católicos querem realizar o sonho de construir um Templo em Homenagem ao João Paulo II, que façam por méritos próprios. Agora acho que não devem deixar de homenagear Deus, pois seria tão justa quanto homegear o PAPA.
 
Alex Vega em 26/04/2011 07:46:40
É brincadeira a Igreja Catolica pedir doação de area,porque não compra o terreno, é a igreja mas Rica do Mundo dona de varias Empresas o vaticano e todo de ourro, a doação só pode sair porque os fiéis são muitos e dão uma grande quantia de votos.Mas não da mas para engolir que padre vive de doação e que eles se abistem dos bens materiais.A Igreja de Roma mama no Brasil desde dos tempos coloniais, eles tem tudo nas mãos.chega de sucar o povo já basta os impostos que já são altos de mais.
 
Luis Mário em 26/04/2011 07:33:07
Acredito que o Dom Vitório deve ter expressado mal, pois o Município não é obrigado a doar áreas publicas de sua competencia e nem construir templos. O que ele pode fazer é permuta ou caso os nossos vereadores façam Lei que libere a venda de áreas de Domínio Publico Municipal, ao invés de questionarmos se Deus e adorado morto vamos praticar a caridade com Amor ao próximo com Jesus nos pede. Cada cristão deve fazer aquilo que está ao seu alcance, pois o Dizimo é sagrado, as doações são voluntárias cada um dá daquilo que tem e não as sobras. Amai vos uns aos outros assim como eu vos amei, e ao próximo como a si mesmo. Se nos cristãos católicos conseguirmos comprar a área e construir um Templo para ir Orar, e outros ~quiserem adentrar no Templo pois é uma casa de Oração, independente de raça ou credo religioso acredito que o mesmo deve permanecer com as portas abrtas para acolher a todos, isso é Ecumenismo.
 
Loenir G. de Arruda em 26/04/2011 06:27:27
Concordo Edson Souto, as instituições católicas todas atendem ao público que PAGA, lá na UCDB não tem perdão algum para quem tá atrasado, não renovam contrato do aluno. A igreja católica é podre de rica, no Vaticano é quase tudo banhado a ouro, agora vem a diocese pedir terreno público para fazer igreja. ESTADO LAICO, mas de verdade é isso que o precisamos, enquanto tiver pastor, padre e afins senadores, deputados etc.. o país ainda vai ser atrasado, tecnológica e culturalmente.

Saudações a todos
 
wilson faria lima em 26/04/2011 05:07:26
Eu estudei DIREITO pagando só a metade da faculdade, pois ganhei meia bolsa, e minha irmã Jandira estudou economia pagando ´também só a metade da faculdade de economia pois também ganhou meia bolsa da FUCMAT. Sempre fui ajudado , e sou testemunha de que a Igreja Católica ajuda, f muitos, se quiserem saber mais podem me telefonar.
 
jurandi borges da silva em 26/04/2011 04:56:28
Caro Dioclessiano Ratier, você ja estudou numa escola ou universidade sem pagar mensalidade? Você ja tentou matricular um filho, caso tenha, na UCDB, Colegio Dom Bosco ou Auxiliadora sem pagar nada? Convenhamos hein. Se economizasse uma milésima parte gasta só na segurança exigida pelo PAPA na visita ao Brasil daria para construir algumas Igrejas....
 
Edson Souto em 26/04/2011 04:22:53
Será que ja não está bom tantos terrenos PUBLICOS que a igreja católica ja "ganhou" ??!!! Catedral de Brasilia ... aqui em CG quadras de terrenos e mais quadras inteiras, penso que ja está bom... é melhor os fiéis catolicos ver o preço desse terreno e COMPRAR da prefeitura alias do POVO, para que o dinheiro seja revertido em beneficios para todos ... adorar quem ja morreu é realmente absurdo!!!
 
Luiz Fernando em 26/04/2011 04:16:41
A igreja Católica matem hospitais, colégios, asilos, centros de reabilitacao de dependentes, creches, escolas para deficientes mentais, universidades e muito mais. E ninguem lembra disso, só sabem criticar!!! Sou contra o uso de dinheiro publico para construção, mas a doação do terreno é licita!!
 
Deocleciano Ratier Dias de Sá em 26/04/2011 04:14:04
Além de um absurdo é ilegal. A constituição federal veda qualquer tipo de subsídio por parte do Estado à igrejas. A Igreja mais rica do mundo é a católica e ainda tem a insensatez de solicitar um terreno e a construção de um templo? Por que não solicita a construção de uma creche, uma escola, um posto de saúde ou algo que vai atender os anseios da população que tanto carece do Estado?
Só podemos esperar o imediato indeferimento desta monstruosidade jurídica.
 
Pablo Felipo em 26/04/2011 04:07:34
Esse João Paulo -II, em nossa geração podem chamar de apostolo, ele replesentava aos catolicos os discipolos de jesus, parabens o santo João Paulo-II esteve em campo grande-ms, sou a favor de construir um igreja da grandeza da que João, foi para o mundo.
 
Alberto Pontes Filho em 26/04/2011 03:54:11
Jose Ferreira Rosa......pq nao fazer um Templo com o Dinheiro da Igreja Catolica, em vez de fazer com o dinheiro do POVO!!!! Faca uma campanha e arrecade dinheiro, ou peca ao Vaticano, mas nao peca dinheiro dos impostos que pagamos!!!!!
 
Roger Brites em 26/04/2011 03:42:39
Os Evangélicos tem grandes templos porque não a católica, será que que somos tão ruins que não possamos dar uma igreja à altura de Campo Grande? Casa de Deus não é Obra Faraonica. Casa de Deus deverá ser Grande,Linda e Confortável. Ja está em tempo de mostra-mos que somos católicos.
 
José Ferreira Rosa em 26/04/2011 03:12:32
Penso que a doação é legitima. Porém a construção de um templo com dinheiro público se torna ilegal. A construção deve ser de responsabilidade dos membros da comunidade que comungam a mesma fé. Acredito que seria importante a mobilização dos fieis ao futuro Santo Joao Paulo II e construir o santuário, tipo ao que foi construido para Santa Madre Paulina.

Sou contro o uso do dinheiro público para isso.
 
Ronilço Oliveira em 26/04/2011 02:46:29
A religião é a anestesia (ópio) do povo - Karl Marx.
Deus existe, mas temos que viver como se não existisse. - JVC
 
Jôni Coutinho em 26/04/2011 01:55:55
Eu acho que não entendi direito, não posso ter entendido ... em um estado LAICO ou NEUTRO RELIGIOSAMENTE ... sem influência, interferência, preferência, camaradagem financeira ou qualquer outra relação por qualquer religião ... a séria e respeitada arquidiocese da CG pede: doação + contrução de uma igreja católica?! (com sincero respeito aos referidos) entretanto rejeito a construção de qualquer outro templo denominacional (evangélico, umbanda, espírita e etc.) ... com $ público ... "belo santuário ao Papa" ou seja católico (ou qualquer outro que fosse!) ... patrimônio público?! e ainda com $ público em um estado LAICO ... me perdoem mas começo a desconfiar da seriedade da referida instituição que conhece muito bem a posição do Brasil quanto a essa relação estado-igreja ... é triste e desrespeitoso ... agora, se eles querem doação + construção com $ próprio e dos seus fiéis ... tem todo direito e autonomia dada pelo estado para construção e acredito que a mesma seria de muito bom gosto ... e sim ... eu sou cristão.
 
Altino Araújo em 26/04/2011 01:19:11
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions