A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 19 de Janeiro de 2019

09/09/2011 12:15

Assaltante diz que escolheu vítimas porque elas estavam de “bobeira”

Francisco Júnior

Crime aconteceu na noite de quarta-feira

Assaltantes venderam o carro do namorado da vítima em Pedro Juan Caballero por R$ 3 mil. (Foto: João Garrigó)Assaltantes venderam o carro do namorado da vítima em Pedro Juan Caballero por R$ 3 mil. (Foto: João Garrigó)

A Defurv (Delegacia Especializada de Furtos e Roubos de Veículos) apresentou os três suspeitos de assaltarem um casal de namorados na noite de quarta-feira, em Campo Grande. Na ocasião, uma das vítimas pulou do 1º andar do apartamento onde mora para fugir dos bandidos.

Foram presos Jhulio César Fernandes de Souza, de 19 anos, e Sandro Aguilheira Gonçalves, de 27 anos. A polícia apreendeu ainda um adolescente de 17 anos que também participou do assalto.

Em entrevista a imprensa, Jhulio César relatou a ação dele e dos comparsas durante o assalto. O rapaz contou que os três moram no Jardim Campo Novo e que no dia do crime saíram com o intuito de cometer um assalto. “Saímos para caçar”, disse. Ele afirmou que o casal foi escolhido porque estava “dando bobeira”.

O assaltante disse também que não viu o momento em que a vítima se jogou do apartamento. “Ela trancou a porta e eu fiquei do lado de fora”. Segundo ele, por conta disso, saiu do local e fugiu na companhia dos comparsas levando o namorado da vítima.

Conforme Jhulio César, eles seguiram para um posto de gasolina, localizado na saída para Cuiabá. Lá, o adolescente decidiu soltar o rapaz.

Ele relatou ainda que na mesma noite, os três seguiram para Pedro Juan Cabellero, no Paraguai, onde venderam o carro por R$ 3 mil. Após a venda do veículo, segundo ele, pegaram um táxi e voltaram para Campo Grande.

Os três foram presos às 17 horas de ontem, por policiais da PRE (Polícia Rodoviária Estadual) no km 409 da MS-162, região de Sidrolândia.

De acordo com o delegado da Defurv, Cláudio Martins, as informações repassadas por uma das vítimas sobre as características dos assaltantes ajudaram na identificação deles.

Segundo o delegado, um informante também ajudou nas investigações. “Ele nos acionou quando viu o carro na fronteira”.

Com os assaltantes, os policiais encontraram duas correntes de ouro e um aparelho celular.

Os três já possuem passagem pela polícia. Os dois adultos permanecerão detidos na Defurv, já o adolescente será encaminhado para Unei (Unidade Educacional de Internação).

Assalto - Uma das vítimas, uma jovem de 20 anos, estava conversando com o namorado de 22 anos dentro do carro dele, um Gol preto, em frente do prédio, na rua 25 de Dezembro, bairro Monte Castelo, quando três homens se aproximaram e anunciaram o assalto.

Armado, o trio colocou o casal dentro do veículo e seguiram pelas ruas do bairro. Durante o trajeto, um dos bandidos, conforme relato das vítimas, falava o tempo todo ao celular e revelou que o carro seria levado para a Bolívia.

Ainda de acordo com a polícia, o grupo retornou ao prédio após a vítima revelar que tinha dinheiro em casa. O namorado ficou no carro acompanhado de dois homens, enquanto que a garota subiu com o terceiro comparsa.

Ao entrar no apartamento, a jovem correu e pulou da sacada. Assustado, o ladrão fugiu do local em companhia dos outros dois comparsas, levando como refém o namorado da vítima.

De acordo com as informações da polícia, o rapaz conseguiu fugir dos assaltantes correndo no momento em que eles pararam em um posto de gasolina próximo ao terminal General Osório para abastecer o veículo.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions