A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

17/05/2016 14:00

Assalto a banco é conhecido pela polícia como crime do ‘sapatinho’

Nesse tipo de crime os bandidos agem na surdina e sem despertar grandes suspeitas

João Humberto e Luana Rodrigues
Dupla vestida de terno entrou usando crachá de funcionários e efetuou o roubo em dez minutos (Marcos Ermínio)Dupla vestida de terno entrou usando crachá de funcionários e efetuou o roubo em dez minutos (Marcos Ermínio)

Agir na surdina sem despertar grandes suspeitas é crime conhecido pela Polícia como “sapatinho”, de acordo com informações repassadas ao Campo Grande News por fonte policial. Foi o crime que aconteceu na manhã desta terça-feira (17) na agência do Banco do Brasil, localizada no cruzamento da rua 13 de Maio com a avenida Afonso Pena.

Em dez minutos, uma dupla vestida de terno, com crachás de funcionários, entrou no banco, rendeu três bancários e um segurança, abriu um cofre e fugiu roubando quatro malotes. O crime é investigado por Edilson dos Santos, delegado-titular do Garrras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos a Banco, Assaltos e Sequestros).

De acordo com o policial que não quis se identificar, em crimes do “sapatinho” os bandidos costumam se vestir bem e na maioria das vezes fazem chantagens com funcionários dos bancos, ameaçando suas famílias de morte, por exemplo. Isso é feito no sentido de obter infomações privilegiadas.

No caso do crime ocorrido hoje, os assaltantes sabiam o horário da chegada do carro-forte no banco. Nesse tipo de roubo, há pouca ação da polícia, de acordo com o policial que não quis se identificar.

Ainda conforme o policial, os bandidos roubaram malotes de dinheiro que seria depositado.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions