A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 18 de Abril de 2019

18/01/2019 09:04

Atendente relata momentos de terror em assalto que terminou em morte

O roubo aconteceu na loja em frente à UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), localizada na Avenida Costa e Silva

Viviane Oliveira e Bruna Pasche
Documentos, armas, dinheiro e celulares apreendidos com o grupo (Foto: divulgação/Batalhão de Choque) Documentos, armas, dinheiro e celulares apreendidos com o grupo (Foto: divulgação/Batalhão de Choque)

O atendente de 36 anos da Subway que chamou a polícia durante assalto com 2 mortos na madrugada desta sexta-feira (18) relatou momentos de terror. O roubo aconteceu na loja em frente à UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), localizada na Avenida Costa e Silva, em Campo Grande. A ocorrência atendida por policiais do Batalhão de Choque e civis terminou com dois bandidos mortos, três presos e quatro carros recuperados.

Trabalhando há 5 meses no local, a vítima contou que os dois bandidos chegaram em um Fiat Strada, pediram lanche e sentaram para comer. Na sequência, uma médica em um Hyndai HB20 entrou na loja e também fez uma solicitação.

Depois que comeram, os ladrões, um deles armado, anunciaram assalto. O atendente correu para a parte superior da loja onde fica o escritório, trancou a porta, ligou para a polícia e deixou o celular ligado para o policial, do outro lado da linha, ouvir que se tratava de um assalto. 

Enquanto um assaltante ficou no estabelecimento com a médica, o outro foi atrás do atendente e arrombou a porta. “Eles queriam o cofre e me ameaçaram dizendo que se eu não descesse iriam matar a mulher. Acho que estavam drogados”, diz. Um dos ladrões conseguiu fugir levando Hyndai HB20 da vítima e R$ 300 do caixa.

Atendente da Subway contou detalhes do assalto que aconteceu durante a madrugada (Foto: Henrique Kawaminami) Atendente da Subway contou detalhes do assalto que aconteceu durante a madrugada (Foto: Henrique Kawaminami)

Quando a polícia chegou, o atendente e a médica foram para o banheiro e começaram a gritar que havia refém no local. Houve confronto e o assaltante que tinha ficado na loja foi baleado. Ele foi socorrido pela equipe, mas não resistiu. “Só deu certo porque a polícia chegou rápido. Poderia ter acontecido coisa pior”, conta o atendente.

Um terceiro integrante do grupo, que dava apoio aos comparsas, acabou detido em frente da lanchonete com um Fiat Strada roubado em Brasília. Com informações repassadas pelo homem preso, os policiais conseguiram chegar até o restante do quadrilha na Rua Felipe Camarão, na Vilas Boas.

Lá, foram encontrados mais três veículos roubados, sendo o HB20, um Toyota Corolla e uma caminhonete. Nesse local, também houve confronto. Um dos suspeitos foi baleado pela equipe. Nenhum policial ficou ferido durante a ação. No total, dois morreram, três foram presos e quatro carros recuperados. Os nomes dos envolvidos no assalto ainda não foram divulgados pela polícia.



Lamentável perda de vidas. Parabéns a nossa polícia sul-mato-grossense.
 
Cléber Córdoba em 18/01/2019 09:43:29
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions