A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 24 de Janeiro de 2018

06/06/2013 09:57

Banco de sangue da Santa Casa precisa de sangue dos tipos A e B positivo

Francisco Júnior

O banco de sangue da Santa Casa de Campo Grande necessita com urgência de doadoras de sangue dos tipos A e B positivo.

O banco de sangue fica na Rua Eduardo Santos Pereira, esquina com a 13 de Maio. O horário de atendimento é de segunda à sexta-feira, das 7h às 11h e das 12h às 17h. Aos sábados das 8h às 11h. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (67)3322-4236.

Para ser um doador é preciso que a pessoa tenha idade entre 18 e 65 anos, mais de 50 quilos, estar bem alimentado e não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 12 horas. O doador deve estar portando algum documento de identificação com foto.

Bandidos invadem lanchonete, ameaçam e roubam proprietários
Dois homens armados invadiram uma lanchonete, ameaçaram e roubaram os proprietários e funcionários de um estabelecimento. O caso aconteceu por volta ...
Capital já tem 60,02% do eleitorado com cadastro biométrico realizado
Dos 606.409 eleitores atuais de Campo Grande, 363.991 já compareceram a um dos postos de atendimentos da Justiça Eleitoral e realizam o cadastro biom...


Então está explicado essa diferença no atendimento, no endereço da Fernando Corrêa o atendimento é ótimo.
 
ROGÉRIA GAUNA DE MATOS em 08/06/2013 13:05:37
Só para esclarecer: O HEMOSUL não tem posto de coleta na Santa Casa. Aquele banco de sangue pertence a própria santa Casa.
 
Fernando Silva em 06/06/2013 20:19:46
Existem tantas campanhas pedindo doadores de sangue, acho louvável estas campanhas, levando em conta o tamanho da necessidade de doadores de sangue, só acho que o Hemosul deveria ter um quadro de profissionais de saúde altamente preparados para prestar um excelente atendimento aos doadores, visto que alguma vezes esse atendimento deixa a desejar, minha prima foi doar sangue no posto do Hemosul da Santa Casa e foi tratada com grosseria pela enfermeira que fez a coleta, ela ficou extremamente chateada, dizendo inclusive que não voltaria a doar devido ao tratamento que recebeu, alguma pessoas têm medo de agulha e mesmo assim se dispõem a ajudar outras pessoas por meio da doação.
 
ROGÉRIA GAUNA DE MATOS em 06/06/2013 13:34:47
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions