A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

13/05/2014 23:52

Banco terá que indenizar cliente em R$ 10 mil por firmar contrato indevido

Alan Diógenes

O juiz da 15ª Vara Cível de Campo Grande, Flávio Saad Peron, determinou que o Banco Bradesco pague R$ 10 mil de indenização por danos morais ao cliente Lucas Rossi Florentin, por ter firmado um contrato com o mesmo de forma indevida.

Lucas afirmou que nunca possuiu conta junto ao banco e nem firmou nenhum contrato. Disse ainda que, de forma indevida, teve seu nome inscrito nos órgãos de proteção ao crédito, por um débito de R$ 809,85, vencido em 4 de junho de 2013, o que lhe causou danos morais. Por estas razões, ele pediu na justiça a declaração de inexistência dos débitos cobrados pelo banco, bem como uma indenização por danos morais no valor de cinquenta salários mínimos.

A instituição financeira apresentou contestação argumentando que o contrato firmado em nome do autor foi feita por um terceiro, de má-fé e de maneira fraudulenta. O banco alegou também que juntou os documentos comprovando a exclusão do nome do autor dos cadastros de inadimplentes.

O magistrado observou que o banco não comprovou a existência de um contrato firmado entre as partes, não tendo documentos necessários que demonstram a suposta dívida. Além disso, analisou que não foi o autor quem firmou o negócio que possibilitou a inscrição de seu nome nos cadastros de inadimplentes. Desta maneira, determinou que o banco pague a indenização ao cliente.

Banco terá que indenizar cliente que teve nome negativado por parcela paga
O Banco Bradesco terá que pagar R$ 8 mil de indenização por danos morais, e declarar inexistente um débito incorreto cobrado de Cícero Fermino da Sil...
Banco terá que pagar indenização por aceitar cheque furtado com assinatura falsa
Decisão judicial obriga o banco Bradesco a pagar R$ 15 mil em indenização por danos morais, por ter aceitado cheque furtado, com assinatura falsa e a...
Banco terá que indenizar aposentado por empréstimo sem autorização
Decisão da Justiça determina que o banco BGN pague indenização a um aposentado de Campo Grande, por ter feito empréstimo consignado sem autorização d...
Banco terá que indenizar em R$ 30 mil cliente retido em porta giratória
Um cliente deve receber indenização de R$ 30 mil por ter ficado cerca de dez minutos preso na porta giratória de uma agência bancária do HSBC. A sent...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions