A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 19 de Setembro de 2018

17/01/2018 10:46

Bandidos ignoram câmeras e arrombam portões com chutes

O grupo filmado por câmeras de segurança aparecem agindo da mesma forma, no Bairro Cabreúva e Vila Nascente

Viviane Oliveira e Bruna Kaspary
Portas que foram arrombadas na Vila Nascente será trocada (Foto: André Bittar)Portas que foram arrombadas na Vila Nascente será trocada (Foto: André Bittar)
Momento em que suspeito arromba porta de casa no Cabreúva (Foto: reprodução/vídeo)Momento em que suspeito arromba porta de casa no Cabreúva (Foto: reprodução/vídeo)

Quatro bandidos em um carro arrombaram e cometeram pelo menos dois furtos a residências, no fim da tarde de ontem (16), em diferentes bairros de Campo Grande. Os bandidos usam chutes para arrombar o portão e as portas, em plena luz do dia, entre 17h e 18h.

O grupo filmado por câmeras de segurança aparece agindo da mesma forma nos dois casos. Os imóveis que aparecem no vídeo ficam no Cabreúva e na Vila Nascente. A primeira imagem mostra os rapazes saindo de um Chevrolet Chevette, de cor prata. Eles estacionaram do outro lado da rua.

Um dos suspeitos desce e aciona o interfone até certificar-se que não há ninguém no imóvel. Depois da confirmação, outro comparsa aparece e arromba o portão com apenas um chute. Três, então, entram na residência, na Rua Augusto Severo, enquanto o quarto suspeito fica no carro dando suporte ao grupo. O Campo Grande News tentou contato com o dono da casa, mas não conseguiu. 

Na outra imagem, o alvo foi um condomínio fechado com seis imóveis, sendo quatro casas, uma guarita e um depósito, na Rua Kioto, na Vila Nascente. “Eles arrombaram seis portas. Todas as estruturas serão trocadas porque ficaram danificadas”, diz a corretora de imóveis, que pediu para não ser identificada.

Ela contou que há menos de 1 ano, a vila de casas foi alvo de bandidos. Para evitar furtos, o muro foi aumentado, situação que não inibiu a ação de ontem. Eles arrumaram uma outra forma de invadir o local. “Tinha acabado de chegar de viagem. Levaram a mala que ainda não tinha sido nem desfeita e uma televisão. Sorte foi que deixei algumas peças na casa dos meus pais”, lamenta um dos inquilinos.

Segundo o delegado Rodrigo Camapum, que atendeu a ocorrência, pela forma que agem são arrombadores mesmo. “Eles metem o pé direto na fechadura”. O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), mas será investigado pela Derf (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos).

De acordo com dados da Sejusp (Secretaria do Estado de Justiça e Segurança Pública), nos primeiros quinze dias deste ano, foram registrados nas delegacias da cidade 222 roubos, somente em Campo Grande. Em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram 348 casos, teve queda de 36%. O ano de 2017 fechou com 6.615 ocorrências.

Identificação - Os rostos dos suspeitos foram borrados para evitar a identificação dos mesmos, uma vez que a reportagem não tem como saber se os ladrões têm menos de 18 anos. O artigo 247 do ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente) proíbe a divulgação.

A Polícia Civil tem as imagens originais e trabalha para identificar os criminosos ou adolescentes infratores. Matéria alterada às 11h47 para acréscimo de informação.



A matéria seria de maior utilidade se mostrasse a cara dos marginais. Alguém poderia reconhecer e denunciar.
 
Idamir Franco de Lima em 17/01/2018 11:40:28
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions