A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

06/02/2011 09:19

Bandidos invadem casa, agridem e torturam vítimas para roubar veículos

Aline Queiroz e Viviane Oliveira

Autores também levaram R$ 15 mil em peças de roupas

Vítima resume ação em uma palavra: tortura. Foto: Simão Nogueira.Vítima resume ação em uma palavra: tortura. Foto: Simão Nogueira.

Oito pessoas passaram momentos de horror durante assalto ocorrido ontem à noite, na Vila Ipiranga, bairro que era considerado tranquilo pelos moradores. Os seis autores envolvidos no roubo agrediram e torturaram as vítimas para roubar um carro e uma moto, além de R$ 18 mil, entre dinheiro e mercadoria da loja de roupas que funcionava na casa.

Depois da violência, Cléia Aparecida Pereira de Jesus, 42 anos, e o marido José Leandro Leite, 49 anos, analisam a possibilidade de deixar o bairro. O genro do casal estava na frente de casa com um vizinho quando os autores chegaram em um carro branco, que ficou na esquina.

Seis jovens, com idade entre 18 e 20 anos, renderam as duas vítimas e mandaram entrar no imóvel, onde havia mais seis pessoas.

As mulheres e uma criança de apenas dois anos, neta do casal, foram levados para um quarto. Neste cômodo um dos autores ficou encarregado de cuidar das vítimas.

Já em outro quarto ficaram os homens e o filho de Cléia e José, de 17 anos. Os homens foram agredidos e torturados. Os bandidos exigiam dinheiro e diziam saber que as vítimas possuíam.

Eles ameaçara por diversas vezes matar as pessoas que estavam na residência, caso, a ação fosse interrompida. O roubo durou cerca de 40 minutos.

“O que mais apanhou foi meu marido e meu filho. Doeu ver o meu filho levar uma porrada na cara”, desabafa Cléia. O adolescente se ofereceu para procurar os tênis que os autores exigiam e, por isso, também foi agredido.

Bairro era considerado tranquilo pelos moradores da casa invadida. Foto: Simão NogueiraBairro era considerado tranquilo pelos moradores da casa invadida. Foto: Simão Nogueira

Durante toda a ação, os autores falavam ao celular com uma pessoa que identificaram como “Zé”. Este autor chegou a falar com Cléia pelo telefone e exigiu a senha do banco. No entanto, a vítima não forneceu.

A mulher lembra que os autores estavam muito nervosos e aparentavam estar sob efeito de substância entorpecente.

Fuga - Os autores roubaram da casa o veículo Corsa prata, placa HRW-7130, do genro do casal. No carro eles colocaram todos os objetos roubados.

Cinco assaltantes saíram primeiro e deixaram apenas um para manter as vítimas reféns. Na sequência, o sexto bandido fugiu com a moto Titan verde, placa MYC-5131.

Em apenas uma palavra José resume a ação. “Tortura”, diz emocionado.

Promotoria e prefeitura firmam acordo para recuperar área de preservação
Foi celebrado entre o MPE (Ministério Público Estadual) e a prefeitura de Campo Grande acordo para recomposição da vegetação nativa da área de preser...
Concurso recebe inscrições para 83 vagas técnico-administrativas
Seguem abertas as inscrições para o concurso que oferece 83 vagas para técnico-administrativos em Educação na UFMS (Universidade Federal de Mato Gros...
Vice-governadora visita projeto em que detentos reformam escolas
O projeto "Pintando e Revitalizando a Educação com Liberdade", desenvolvido pelo Poder Judiciário estadual, foi conhecido e elogiado na sexta-feira (...
Crianças do Vespasiano Martins recebem Papai Noel e ganham presentes
As crianças do loteamento Vespasiano Martins, na periferia de Campo Grande, receberam a visita especial do Papai Noel neste sábado (16). Foram distri...


Durante 40 minutos não passou nenhuma viatura da policia??Engraçado,lá na 14 de julho,naAfonso pena tem uma a casa 10 minutos,e 2 policiais em casa esquina!!!E olha qte um posto plicial quase no bairro ao lado...Ninguem mais está seguro,ne na frente de casa,é realmente um absurdo.
 
wendy de Oliveira em 07/02/2011 11:34:29
Estamos a mercê dos bandidos. A população está cada vez mais desprotegida. Esses são casos de polícia preventiva. Será que somente nós, a população, estamos vendo que os criminosos estão diferentes? estão mais "profissionalizados"? que os crimes estão ficando cada vez mais violentos? que a situação está ficando cada vez mais insustentável? Até quando vamos esperar? até que Mato Grosso do Sul tenha os níveis de crimimiladade das grandes cidades, como Rio e SP? Porque é isso que vai acontecer fatalmente! De onde será que estão surgindo esses bandidos mais sanguinários? será estão brotando do chão? não !!! Isso é reflexo da repressão que vem ocorrendo nos grandes centros e que está dispersando essas criaturas pelos país.
 
Magda dos Santos Correa em 07/02/2011 11:23:15
..vou junto com todos os comentários e posto mais ainda..já digo q temo não só pelo baixo efetivo de repressão ao crime..e seus derivados q assolam nossa querida cidade..mas tbm pela falta de treinamento dos poucos q remanescem na policia..q não tem psicológico constante para as mais diversas situações encontradas e com isto lamento informar q já fui agredido pela policia q na realidade tem incumbência de nos defender..e isto em praça ´pública na frente de minha esposa..e filhos..e na corregedoria não se teve nada á ser feito..e então..e agora...como ficamos Sr. Governador..á mercê dos bandidos..e do pouco efetivo mal preparado para nos defender..nós cidadãos do bem q o elegemos para o cargo q tanto almejava e nos prometeu honrar..em nome do nosso povo..!!!
 
Clair José em 07/02/2011 11:13:47
O que fazem os nosso politicos frente á esse exemplo de caso ?
Essa nossa VELHA Constituição Federal Deve ser reformulada o mais rapido possivel,
não podemos mais aceitar esse tipo de coisa.
Bandidos, assasinos, entupradores, ladrões, falsificadores, tem de todas as qualidades,
safados que são considerados incapaz, e querem ser tratados como humanos, são uns desgraçados que merecem sofre na cadeia, não teria nem que ter direito ao sol e nem ao alimento que pagamos por esses lixos que vivem em nossa sociedade.
Enquanto estamos trabalhando, estudando, correndo atraz do prejuizo. ha sempre tem uma safado tramando um jeito para nos fraudar, roubar etcs.

Temos que mudar isso, somos mais pessoas boas do que bandidos, vamos nos unir.
 
Denise Dias em 07/02/2011 10:46:50
Infelismente as leis protejem estes bandidos eles podem torturar familias trabalhadores , todos nós que pagamos impostos , depois eles sao presos ainda direitos humanos defendem eles emn tudo dando maior proteção comida tudo eles sim vivem seguros e pior mantidos por nós , que pagamos impostos, JUSTIÇA CADE JUSTIÇA, DEPOIS DIZEM NAO FAÇA JUSTIÇA COM PROPRIAS MÃOS MAS QUE PÓDEMOS ESPERAR DESTES POLITICOS?, QUE PODEMOS ESPERAR QUE LEIS MUDEM , ATE QUANDO ESPERAR?
 
roseli carvalho em 07/02/2011 10:37:17
É revoltante toda essa barbaridade, como nossa sociedade ficou á merce de bandidos e infelizmente os único meio que temos que seria a Polícia não faz nada para solucionar o caso e isso vai acontecendo cada vez mais!
 
Déborah Suellen Castro em 07/02/2011 10:34:46
Que isso , tadinho desses bandidos, são menores de idade não sabem o que estão fazendo pôxa vida !! A policia não pode nem algemar que os direitos humanos vem em cima tadinhos nem mesmo o rosto podem mostrar. NESSA HORA QUE OS DIREITOS HUMANOS PODIAM PEGAR ESSES COITADINHOS E LEVAR PARA SUAS CASA.

Quero ver quando um desses bandidos pegar uma pessoa dessa que sai defendendo os direitos humanos se ela vai continuar com esse lero lero ...
 
claudemir da s souza em 07/02/2011 10:29:47
infelizmente nós estmamos a merce desses vagabundo, que quando assaltam humilia as pessoas na frente dos filhos, e a policia tem um trabalhão para prender quando prende vem a nossas leis que tem muitas brexa e soltam. é uma vergonha Campo Grande já foi uma cidade tranquila de paz, ho0je acabou não se pode nem ficar na frente da casa com amigos conversando que está arriscado ser assaltado.
 
hilibio Moreira em 07/02/2011 10:25:21
Essa porcaria de marginal que a justiça vive pensando em alternativas mais flexiveis, precisam é ser exterminados de uma vez por todas como insetos.
Morar em Campo Grande já passou a ser um problema, acabou a tranquilidade de quem vai descansar depois de um dia de trabalho, porque um bando de vagabundos estão só esperando a noite chegar pra poder bater na cara de pessoas de bem, pra que crianças vêem seus pais sendo humilhados.
Por isso que eu digo, enquanto não der pena de morte nesse país, isso não mudará, até porque presos não adianta, pois tem muito advogado desempregado ainda.
 
Anderson Souza Harry em 07/02/2011 10:13:00
Parece que todas as leis no Brasil foram criadas para proteger bandidos, sob a proteção dos direitos humanos e benção das igrejas. Resumindo, "o crime compensa !"
 
Angelo Fantin em 06/02/2011 11:57:00
quem sao esses bandidos, da onde eles aparecem, sao albergados, sao jovens bandidos, eu penso que a polica deva saber pelo perfil de onde eles vem, nao e possivel essa onde de criminalidade chegar e ficar como se fosse normal, alguma coisa temque ser feita, e rapido, e principalmente eles tem que receber aquele tratamento que era dado pelos coroneis antigos delegados que todos ja sabem e conhecem os metodos, antigamente nao tinha tanto ladrao, e ladrao bom e ladrao morto.
 
luiz fernandes em 06/02/2011 11:53:00
Engraçado, enquanto intensifica pela cidade recursos alocados para promover as chamadas Blitz preventiva, em todo lugar tem uma, a segurança pública vai de mal a pior, o problema no Brasil é que ainda não conseguiram fazer com que o resguardo da segurança pública gere dividendos, sendo mais interessante ao Estado em interesse da "população" alocar maior efetivo as fiscalização do trânsito que na cidade oferece maior perigo que o combate e a repressão ao crime ao tráfico e comercialização de drogas.
Enquanto essa política não mudar, situações como essa continuaram se repetindo.
 
junior lima em 06/02/2011 11:39:12
até quando seremos vitimas destes marginais .....teremos que continuar apanhando na cara e ser chamado de vagabundo.... kade a segurança publica governador ?
 
everson mazlum em 06/02/2011 10:50:56
PENSEM NO FUNCO DO CORAÇÃO - DIGO ISSO DE DIREITOS HUMANOS ATE IGREJA CATOLICA - O QUE NO FUNDO DO CORAÇÃO, DA VONTADE DE FAZER COM UM BANDO DESTE?
POR OUTRO LADO, SEGUE A PIRAMIDE: LEIS BANDAS, LEIS ANTIGAS, POLITICOS CORRUPTOS E QUE SO PENSAM EM SEUS INTERESSES, POLICIA OMISSA, DE QUEM PODERÁ SER A NOSSA TRANUILIDADE?
 
LUCIANO MARQUES em 06/02/2011 10:49:06
Muito bem, depois quando a polícia pegar esses vagabundos os DIREITOS HUMANOS e DEFENSOR PÚBLICO correrão até a delegacia para que não façam o que fizeram com a família "TORTURA" pois não pode né "bicho" os caras estão nos direitos deles de conseguir alguma coisa mediante tortura. É isso que dá aprovar leis que beneficiam infratores e com isso tem mais acadêmicos estudando Direito para poder defender bandidos pois dá mais resultados financeiramente, pois sabem que as brechas que existem para tirá-los da cadeia são muitas e não dá em nada. Lamentável, bicho tem que ser tratado como bicho e a escória tem que ser tratado como escória.
 
Douglas Ruiz em 06/02/2011 10:39:40
Infelizmente a nossa cidade esta a merce destes bandidos, tb fui assaltado no final do ano passado numa acao parecida, me amarraram e bateram e levaram tudo o que eu tinha na minha casa, os ladroes ficaram rodando com meu carro mais de 3 horas pelas ruas da cidade e a polica nao achou ninguem e nenhuma pista ate hoje. . . .
 
Joao da Silva em 06/02/2011 09:48:30
É revoltante o que esses marginais fazem, como pode isso, realmente precisa ser feito algo para inibir esses "vermes da socidade". Espero e gostaria, que eles sejam surpreendidos de forma a "resolver" de uma vez por todas.
 
Clayton Godoy em 06/02/2011 01:38:14
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions