A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

03/02/2015 13:18

Barrados em ato com presidente, caminhoneiros fecham BR-163

Ricardo Campos Jr., Caroline Maldonado e Edivaldo Bitencourt
Bloqueio de caminhões na BR-163 em Campo Grande (Foto: Marcelo Calazans)Bloqueio de caminhões na BR-163 em Campo Grande (Foto: Marcelo Calazans)

Após serem barrados pelo Exército durante a visita da presidente Dilma Rousseff (PT) na Avenida Duque de Caxias, caminhoneiros decidiram bloquear a BR-163, na saída para São Paulo. Eles protestam contra o reajuste nos combustíveis e pedem a redução do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) sobre o óleo diesel de 17% para 12%.

O bloqueio acontece na rotatória do anel rodoviário e parou aproximadamente 400 caminhões e carretas entre as saídas de Cuiabá, São Paulo, Três Lagoas e Sidrolândia.

Segundo um dos coordenadores da mobilização, Carlos Lima, 45 anos, o ato seria apenas durante a visita de Dilma. Eles protestam contra o reajuste na gasolina, etanol e diesel. O preço da gasolina deve chegar a R$ 3,50 na Capital após o aumento nos tributos federais.

Lima disse que o grupo cobra também a redução do ICMS, que foi uma das promessas do governador Reinaldo Azambuja (PSDB). Ele já criou um grupo de trabalho para reduzir o tributo sobre o diesel, mas sinalizou que a medida só deverá ser adotada em 2016.

“Nosso Estado virou corredor”, afirmou Lima, cobrando a redução do tributo para o mesmo patamar dos estados vizinhos, como Paraná e São Paulo.

Eles bloquearam a rotatória, mas permitem a passagem de ônibus, ambulâncias e automóveis. Só carretas estão paradas no local.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions