A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

15/05/2014 09:41

Bebê que passou por 4 cirurgias no HU é submetido a nova hemodiálise

Aliny Mary Dias

Está bem e passa por uma série de hemodiálises o bebê de 11 meses que precisou ser submetido a três cirurgias após trapalhadas no HU (Hospital Universitário) da Capital. O bebê deitou na mesa de cirurgia três vezes, chegou, inclusive, a ser aberto na região do pescoço e, depois fechado, após a unidade de saúde não localizar um cateter. A última cirurgia foi realizada na noite de ontem para colocação do dispositivo.

A mãe do menino, Lucinei Navarro Videira, 41 anos, afirma que o filho passou a noite no CTI (Centro de Terapia Intensiva), fez uma hemodiálise e passa por uma nova sessão neste manhã.

A série de hemodiálises é necessária, segundo a mão, em razão da perda de líquido da criança. O estado de saúde do pequeno é considerado bom e uma nova avaliação será feita no fim da manhã.

Caso - O drama de Lucinei começou na semana passada, quando seu bebê passou pela primeira cirurgia, por ter um problema renal congênito, onde foi preciso implantar um cateter para tentar executar a função do rim. O problema é que a criança pegou uma infecção no hospital e precisou retirar o equipamento e colocar outro direto no coração para fazer a hemodiálise.

Por meio de raio-X foi constatado que o cateter não estava no lugar certo. Desta maneira, o médico que atendia o bebê teve que voltar ao hospital para realizar outra cirurgia. Na metade do procedimento, o especialista descobriu que não tinha disponível no hospital um novo cateter.

Só no início da manhã de ontem (14), que o hospital conseguiu uma nova peça. Entretanto, o problema já era outro, a unidade de saúde informou que não tinha médico para comandar o procedimento. Enquanto isso, o bebê está entubado e em coma induzido. Desesperada, Lucinei e o marido ameaçaram recorrer ao MP (Ministério Público) para implorar por ajuda.

Atitude radical que não teve necessidade, por que um médico foi localizado, a cirurgia foi feita e a família agora está aliviada. “Graças a Deus deu tudo certo. Sei que o caso dele ainda é grave, mas temos esperança de que ele vai se recuperar bem das cirurgias”, finalizou.



Seres humanos ou animais? Nós ou os profissionais?
 
Katiussi Araújo em 15/05/2014 12:31:58
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions