A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

17/01/2011 19:56

Bombeiros encontram corpos de familiares de soldado de MS no Rio

Fabiano Arruda

Kleiton Mascarenhas Borba, do Corpo de Bombeiros, admitiu que o resgate era “muito difícil”

Soldado disse que familiares estavam soterrados há 15 dias. (Foto: Fabiano Arruda)Soldado disse que familiares estavam soterrados há 15 dias. (Foto: Fabiano Arruda)

Foram encontrados em Nova Friburgo, no Rio de Janeiro, os corpos dos quatro familiares do soldado do Corpo de Bombeiros de Mato Grosso do Sul, Kleiton Mascarenhas Borba, integrante da assessoria de imprensa da corporação em Campo Grande. Os quatro, vítimas dos deslizamentos que atingiram o município fluminense, não sobreviveram.

Segundo Kleiton, Helena Mascarenhas, de 66 anos, foi encontrada ontem durante a operação de resgate dos bombeiros, enquanto os corpos de Ismaelita Mascarenhas Romano Moreira, de 44 anos, Gustavo Mascarenhas Barrosso, de 20 anos, e Guilherme Mascarenhas Barrosso, de 18 anos, foram achados nesta segunda.

O militar afirma que seus familiares estavam soterrados desde a madrugada do dia 12 de janeiro. A falta de condições para o trabalho dos bombeiros no local foi o principal motivo pela demora no resgate.

Em entrevista ao Campo Grande News no sábado, Kleiton já considerava remota a possibilidade de seus parentes serem encontrados com vida, justamente por ter conhecimento do alto risco da operação de resgate no local.

Vítimas - Segundo informações da Folha Online, o mais recente boletim divulgado, pela secretaria de Saúde e Defesa Civil do Rio, aponta 653 mortos na região serrana. Nova Friburgo concentra o maior número de vítimas: 302 corpos foram achados, até o momento. A cidade ainda tem 1.970 desabrigados e 3.220 desalojados.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions