A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

02/01/2016 17:21

Buraco aberto há 3 meses gera reclamações de moradores da Rua dos Ferroviários

Flávia Lima
Cratera está sinalizada mas já toma conta de quase toda a rua. (Foto:Marcos Ermínio)Cratera está sinalizada mas já toma conta de quase toda a rua. (Foto:Marcos Ermínio)
O comerciante Silvio Ferreira diz que já caiu com o carro no buraco. (Foto:Marcos Ermínio)O comerciante Silvio Ferreira diz que já caiu com o carro no buraco. (Foto:Marcos Ermínio)

Moradores da Rua dos Ferroviários,na região central de Campo Grande, ainda aguardam equipes da prefeitura ou da Águas Guariroba para tapar a imensa cratera que se formou há pelo menos três meses no cruzamento com a Rua Ana América.

Segundo os moradores ouvidos pelo Campo Grande News na tarde deste sábado (2), as chuvas que se intensificaram no final do ano contribuíram com o aumento do buraco e eles temem a acidentes, mesmo com a sinalização feita pela prefeitura, já que a cratera já toma praticamente conta de toda a Rua Ana América.

De acordo com o cuidador de idosos Antoniel Jesus Casal, 29, a correnteza rompeu a tubulação de água e toda vez que chove o buraco enche de água e transborda, inundando as casas da rua.

"Quando começou a abrir, há dois meses era pequeno, mas a chuvarada foi aumentando e até agora ninguém fez nada", reclama o cuidador.

A noite do dia 26 de dezembro, por exemplo, ele passou tirando a lama de sua casa e limpando a calçada, já que a água do córrego Segredo invadiu a rua e, além de danificar mais a tubulação de esgoto, acabou transformando o buraco em um chafariz.

Já o comerciante Silvio Roberto Ferreira, dono de um restaurante na rua, disse que já caiu com o carro no buraco, antes dele se transformar na atual cratera. "A sorte é que ele estava pequeno e eu consegui sair sem danificar meu carro", diz.

Ele reforça a informação de que a prefeitura e a Águas Guariroba já são cientes do problema, mas até o momento os técnicos fizeram apenas uma vistoria no local.  

Apesar dos cavaletes colocados no local, ele teme que ocorra algum acidente grave, já que muitos motoristas que não conhecem o problema podem fazer a curva na esquina e acabar caindo na cratera, caso não diminuam a velocidade.

"Além disso tem a questão de que muitos não obedecem a sinalização e trafegam na contramão, o que aumenta o risco de acidentes", revela. 

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions