A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

15/02/2015 08:34

Buracos tomam conta do Piratininga e atrapalham acesso à delegacia

Alan Diógenes
Buracos apareceram nas vias há 2 meses com a chegada das chuvas. (Foto: Alcides Neto)Buracos apareceram nas vias há 2 meses com a chegada das chuvas. (Foto: Alcides Neto)
Para amenizar problema, moradores taparam buracos com entulhos. (Foto: Alcides Neto)Para amenizar problema, moradores taparam buracos com entulhos. (Foto: Alcides Neto)

Sem respostas por parte da prefeitura sobre a veracidade do vídeo com um funcionário da empresa Selco Engenharia tapando buracos que não existiam em uma rua da Capital, a população do Bairro Piratininga cobra uma solução definitiva para o problema na região. As ruas estão tomadas por buracos, principalmente a que dá acesso à Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário).

A rua em questão é a Tupã, umas das principais do bairro. As crateras tomaram conta da via de fora a fora. O eletricista Luiz Carlos, 52 anos, que mora em frente à Depac, onde são encontrados mais de cinco buracos, disse que pessoas que frequentam o local estão tem dificuldade de trafegar pela região.

“As viaturas estão tendo dificuldade de entrar e estacionar no local. Quem vem na delegacia e não sabe dos buracos, acabam caindo dentro, ou seja, eles não deveriam existir em frente a um órgão público. Na verdade esse problema acontece na cidade inteira, tá péssimo. Eu mesmo já tampei esses buracos com entulhos, mas isso é uma medida paliativa e não resolve nada”, explicou Luiz.

Na mesma rua, só que em outro trecho, existem mais buracos em frente da casa do aposentado Francisco Malaquias, 83 anos. Ele contou que eles começaram a aparecer cerca de 2 meses atrás, com a chegada da chuvarada. “Existem muitos buracos no bairro todo e só em frente de casa tem três. O pior é que tenho três veículos, ou seja, eu saio de casa e já caio em um buraco”, comentou.

Luiz disse que buracos atrapalham entrada de viaturas em delegacia do bairro. (Foto: Alcides Neto)Luiz disse que buracos atrapalham entrada de viaturas em delegacia do bairro. (Foto: Alcides Neto)
Dono de borracharia disse que movimento aumentou no estabelecimento. (Foto: Alcides Neto)Dono de borracharia disse que movimento aumentou no estabelecimento. (Foto: Alcides Neto)

Conforme o motorista José Francisco da Costa, 65 anos, o material usado para fazer a pavimentação asfáltica na Capital é de má qualidade, por isso surgem os buracos. “É uma massa asfáltica muito fina e a primeira chuva que dá já leva tudo. Então não adianta eles ficarem tapando buracos, que não resolver”, destacou.

Na Rua Manoel Vieira e Souza, a situação é a mesma. Por lá, o proprietário de uma borracharia é quem estão lucrando com o problema. “A minha clientela aumentou e muito depois dos buracos. O pessoal para aqui e já desce do carro reclamando que vai ter que gastar com suspensão. Eles tapam esses buracos para disfarçar, mas não resolver o problema”, finalizou.

A Prefeitura Municipal não deu retorno na noite de terça-feira (10) sobre o que será feito para resolver o problema no Bairro Piratininga, na Capital.

Polêmica - O secretário municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação, Valtemir Alves de Brito, compareceu na tarde de segunda-feira (10) para falar sobre a polêmica da operação tapa-buracos. Sem a presença de técnicos e comprovação de documentos para investigar o vídeo onde aparece um funcionário da empresa contratada pela prefeitura tapando buracos não existentes, os vereadores continuam dispostos a instalar a CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para investigar o caso.

Buracos chegar a medir um metro de diâmetro. (Foto: Alcides Neto)Buracos chegar a medir um metro de diâmetro. (Foto: Alcides Neto)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions