A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

25/01/2015 08:50

Estrada com buracos se torna perigo para motoristas na saída para Rochedo

Alan Diógenes
Buracos oferecem risco de acidente na estrada. (Foto: Marcelo Calazans)Buracos oferecem risco de acidente na estrada. (Foto: Marcelo Calazans)
Alguns deles chegam a medir um metro de diâmetro. (Foto: Marcelo Calazans)Alguns deles chegam a medir um metro de diâmetro. (Foto: Marcelo Calazans)

A quantidade de buracos existentes no asfalto na saída para Rochedo, próximo ao Detran/MS (Departamento de Trânsito de Mato Grosso do Sul), tem provocado diversos transtornos aos condutores que chegam ou saem da Capital. Veículos parados no acostamento com os pneus furados já viro rotina e a população teme o risco de acidentes.

O frentista Lucas de Oliveira, 18 anos, que trabalha em um posto de combustíveis na região, disse que é comum os clientes reclamarem dos buracos. Ele conta que em uma ocasião três os pneus de três motocicletas furaram simultaneamente.

“Os motociclistas nem acreditaram. O pior é que o pessoal vem fazer aulas no Detran e acabam passando por isso. É um absurdo os buracos estarem justamente próximo a um órgão de trânsito”, comentou Lucas.

Quem estão lucrando com o fato, é o borracheiro José Ferreira da Silva, 70, que trabalha há 12 anos no Bairro José Abrão. “Tanto tempo que eu trabalho aqui nunca vi o movimento crescer tanto como agora com esses buracos. Esses dias parou um carro aqui com as duas rodas danificadas, ainda bem que eu tinha rodas para vender, se não o cliente iria ficar na mão”, destacou.

Segundo José, o que os clientes mais reclamam é sobre os prejuízos com os veículos. “Eles já chegam aqui xingando todo mundo. Eles falam sobre os prejuízos já que a maioria dos carros são novos”, mencionou.

Para o motorista Ivo da Silva, 56, os governantes investem em setores que não tem necessidade e esquecem do primordial. “É uma briga política que não tem fim. Eles só querem entrar na política para ganhar dinheiro e esquece do que a população mais precisa”, finalizou.

O Campo Grande News entrou em contato com a Seintrha (Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação), a noite de segunda-feira (19), para saber quais providências serão tomadas, mas não tivemos retorno até a publicação desta matéria.

Homem é agredido e sofre afundamento de crânio na Júlio de Castilho
Márcio Ferreira dos Santos, 31 anos, foi agredido e sofreu afundamento de crânio, na noite de ontem (13), na Avenida Júlio de Castilhos, em Campo Gra...
Ceinf recebe nesta quinta parque de pneus construído por detentos
Acontece nesta quinta-feira (14), a partir das 8h no Ceinf (Centro de Educação Infantil) Rafael Abraão - CAIC Aero Rancho, a entrega do parque constr...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions