A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

21/10/2015 18:01

Buscando a reeleição, presidente da OAB-MS é o 6º candidato a disputar cargo

Ricardo Campos Jr.
Atual presidente da OAB lança candidatura para tentar reeleição (Foto: Fernando Antunes)Atual presidente da OAB lança candidatura para tentar reeleição (Foto: Fernando Antunes)
Presidente da OAB garante que polêmicas envolvendo a gestão não afetarão campanha (Foto: Fernando Antunes)Presidente da OAB garante que polêmicas envolvendo a gestão não afetarão campanha (Foto: Fernando Antunes)

O atual presidente da OAB-MS (Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Mato Grosso do Sul), Júlio César Rodrigues, oficializou a tentativa de reeleição nesta quarta-feira (21). Ele se diz tranquilo com relação às polêmicas ocorridas em 2014, quando parte da diretoria fez uma renúncia coletiva em repúdio à relação do gestor com figuras públicas. Até o momento a disputa tem seis chapas e o prazo para formalizar candidatura termina às 18h.

“Não tivemos um mandato completo em razão da tentativa de golpe que tentaram aplicar. Fomos prejudicados no mandato por inteiro, mas uma quantidade enorme de advogados solicitou que nós apresentássemos nosso nome novamente, tendo em vista que nesse custo período conseguimos desenvolver diversas ações”, afirma.

Na campanha, o gestor pretende focar em alguns pontos específicos, como a intensificação do trabalho pensando na valorização do profissional e prometer uma gestão focada na modernidade.

“Os advogados estão preocupados com trabalho. Essa gestão, essa presidência demonstrou que nós desenvolvemos um trabalho amplo em prol da advocacia em todos os segmentos, como a valorização do exercício da advocacia, valorização dos honorários, demandas que envolvem o jovem advogado, que envolvem o bem estar da sociedade”, garante.

Entre os elementos concretos que pretende apresentar à categoria, ele cita o aumento de benefícios aos recém formados em direito que estão entrando no competitivo mercado de trabalho da categoria.

Disputa – A eleição tem, junto com Julio César, três integrantes da atual diretoria disputando a presidência. Um deles é o vice-presidente da instituição, Mansour Karmouche. Ele registrou a chapa na semana passada prometendo uma campanha propositiva sem ataques pessoais aos adversários. Ele conseguiu o apoio de Gervásio Oliveira, que antes pretendia lançar candidatura própria, mas acabou entrando na disputa como vice.

O segundo é Lázaro José Gomes Júnior, que atualmente ocupa o posto de secretário-geral da entidade e também protocolou a candidatura nesta quarta. Ele assumiu o posto na ordem após renúncia coletiva de vários dirigentes e aposta no apoio que teve ao vencer o pleito suplementar para vencer.

Se por um lado a disputa tem como candidato um diretor que assumiu após a renúncia coletiva, por outro tem July Heyder da Cunha Souza, que fez parte do grupo de dirigentes que deixou a ordem em protesto contra Julio Cesar, na época considerado um dos líderes da oposição contra o atual presidente.

A eleição também faz história. Pela primeira vez, a entidade tem um candidato à presidência do interior, Afeife Hajj, que também abriu a sequência de registros das chapas. Com discurso oposicionista, criticou a postura adotada pelos atuais gestores e prega mudanças na forma de conduzir as atividades, dizendo que a atual gestão perdeu o foco e não vem cumprindo o papel institucional.

Também concorre ao cargo o professor universitário, doutorando em direito processual civil e vice-diretor da ESA (Escola Superior de Advocacia), Luiz Renato Adler Adler, que estava mobilizando a candidatura há quatro anos, segundo a assessoria de imprensa, em reuniões com colegas que relatavam as dificuldades no exercício da profissão e acredita que muito pode ser feito para melhorar a advocacia no estado.

As eleições da OAB-MS estão marcadas para o dia 20 de novembro.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions