A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 20 de Setembro de 2017

31/07/2017 15:42

Câmara vota dia 2 projeto de lei sobre segurança nas escolas da Capital

Paulo Nonato de Souza
Vereador Delegado Wellington, do PSDB, é o autor do projeto que será votado na próxima semana (Foto: Marcos Ermínio)Vereador Delegado Wellington, do PSDB, é o autor do projeto que será votado na próxima semana (Foto: Marcos Ermínio)

Política pública de prevenção e combate à violência nas escolas de Campo Grande. É o que prevê o projeto de lei que será votado pela Câmara Municipal na próxima terça-feira, 02 de agosto, na primeira sessão ordinária do segundo semestre de 2017, anunciou o autor da proposta, o vereador Wellington de Oliveira, o Delegado Wellington, do PSDB.

Segundo ele, pelo projeto de lei elaborado em parceria com os vereadores Valdir Gomes (PP), e Otávio Trad (PTB), caberá à prefeitura, por meio da Secretaria Especial de Segurança, diagnosticar as condições de insegurança e os indicadores de violência nas escolas públicas da Capital.

“O objetivo seria viabilizar o planejamento, implementação, monitoramento e avaliação de ações, projetos e programas que tenham como foco a prevenção do crime e a redução do sentimento de insegurança no ambiente escolar”, comentou.

Wellington de Oliveira sugere que as ações de prevenção e combate à violência nas escolas podem ser operacionalizadas pela própria Secretaria Especial de Segurança, ou de forma horizontalizada entre as diversas secretarias do executivo municipal.

"As secretarias não podem funcionar de forma ilhada, e a palavra de ordem é a integração das ações com foco na segurança. Precisamos dar oportunidade aos jovens para que não entrem no crime e nas drogas. É imprescindível que o executivo municipal tenha uma dimensão exata de tais iniciativas para contribuir com a redução do crime, que significa melhoria da qualidade de vida das pessoas a curto, médio e longo prazo", comentou o parlamentar.

De acordo com o vereador Delegado Wellington, a situação de violência nas unidades educacionais de Campo Grande pode ser alterada por meio de investimentos em educação e políticas públicas de resultado. “Consequentemente isso vai repercutir em conquistas na área de segurança pública. Prevenção é tudo", ressaltou ele.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions