ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, QUINTA  20    CAMPO GRANDE 32º

Capital

Campanha arrecada 1.200 absorventes para mulheres vítimas de violência

Doações foram destinadas a Casa da Mulher Brasileira, em Campo Grande

Por Natália Olliver | 27/05/2024 12:05
Item básico de higiêne traz dignidade menstrual para mulheres vítimas de violência (Foto: Divulgação)
Item básico de higiêne traz dignidade menstrual para mulheres vítimas de violência (Foto: Divulgação)

A campanha ‘Dignidade Menstrual’ arrecadou 1.200 absorventes para mulheres vítimas de violência, atendidas pela Casa da Mulher Brasileira, em Campo Grande. A iniciativa começou em março, em alusão ao mês das mulheres. A entrega dos itens ocorreu na última sexta-feira (23).

De acordo com o Unicef (Fundo das Nações Unidas pela Infância), cerca de 62% das mulheres entrevistadas já deixaram de ir à escola ou algum outro lugar devido à menstruação e 73% se sentiram constrangidas no período. A situação se agrava ainda mais quando se trata de mulheres vítimas de algum tipo de violência. Os itens doados ficam na recepção da Casa da Mulher Brasileira, em uma caixa.

Carla Stephanini, subsecretária Municipal de Políticas Públicas para a Mulher de Mato Grosso do Sul, ressalta que como o local atende pessoas que saem de casa apenas com a roupa do corpo, oferecer o recurso básico  é essencial.

“Recebemos mulheres que saem de casa sem nada, chegam aqui apenas com o que estão vestindo e sabemos o quanto o absorvente é um item de extrema necessidade. Ficamos muito felizes com essa parceria com o Shopping Campo Grande e agradecemos, pois, são produtos que serão destinados a quem realmente necessita”.

Ela acrescenta que muitas famílias assistidas pela instituição recebem cestas básicas que contam com o absorvente como item.

Desenvolvida pelo Shopping Campo Grande, a iniciativa mobilizou funcionários.  Gabriella Alves, representante da ação, pontua que a arrecadação é feita anualmente para ajudar as mulheres em vulnerabilidade.

“Cada ano superamos as expectativas e ampliamos as arrecadações, fortalecendo a premissa de que o Shopping não é apenas um centro de compras e entretenimento, mas também um espaço de disseminação de boas práticas”.

Absorventes disponíveis na Casa da Mulher Brasileira, em Campo Grande (Foto: Divulgação)
Absorventes disponíveis na Casa da Mulher Brasileira, em Campo Grande (Foto: Divulgação)

Casa da Mulher Brasileira -  O local foi a primeira inaugurada no país, com foco no fortalecimento das políticas públicas de enfrentamento à violência contra as mulheres, por meio de atendimento integral, humanizado e especializado às mulheres.

O local já atendeu cerca de 494 mil ocorrências, entre atendimentos na recepção com retorno, atendimentos encaminhados a setores integrados, boletins de ocorrência por meio da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher, concessão de medidas protetivas, Patrulha Maria da Penha e atendimentos via Ministério Público. Somente entre janeiro e abril de 2024 foram mais de 68.700 atendimentos.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias