A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

08/06/2013 10:08

Campanha contra paralisia infantil deve imunizar mais de 180 mil

Luciana Brazil e Evelyn Souza
Em Campo Grande mais de 180 mil crianças devem ser vacinadas. (Foto:Marcos Ermínio)Em Campo Grande mais de 180 mil crianças devem ser vacinadas. (Foto:Marcos Ermínio)

Com 120 postos de atendimento e 800 pessoas envolvidas, começou hoje (8) em Campo Grande a Campanha Nacional de Vacinação Contra a Paralisia Infantil. A meta é imunizar mais de 180 mil crianças em Mato Grosso do Sul, com idade entre seis meses e cinco anos (quatro anos, onze meses e 29 dias).

De acordo a SES (Secretaria Estadual de Saúde), espera-se vacinar pelo menos 95% do público alvo, o que corresponde a 171.463 mil crianças. A campanha vai até o dia 21 de junho.

As gotinhas devem imunizar crianças que já tomaram as duas primeiras doses injetáveis, com dois e quatro meses de idade.

Na manhã de hoje, durante o lançamento da campanha na Capital, na Estratégia de Saúde da Família, no bairro Aero Rancho IV, o titular da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) Ivandro Fonseca, lembrou que a doença está erradicada no país, mas ressaltou a importância da vacina. 

Hoje, no Dia D de mobilização , postos de atendimento serão montados em escolas, hipermercados, centros comunitários, terminais de ônibus e shoppings centers.

Crianças que não tiverem tomado as doses injetáveis, não devem receber as gotinhas nessa campanha. A orientação é que iniciem o calendário com a dose injetável.

A atendente de telemarketing Carine Ruiz, 27 anos, levou o filho, João Lucas, para tomar as gotinhas da vacina. “Acordei cedo e já vim logo para não deixar para última hora”.

Assim como Carine, a dona de casa Cristiane da Silva levou os três filhos – de 8 meses, 2 e 3 anos- para se imunizar contra a poliomielite. “A vacinação dos meus filhos está sempre em dia”.

Brasil: A meta do Ministério da Saúde é imunizar 12,2 milhões de crianças em todo país, o que corresponde a 95% do público-alvo. Ao todo, 115 mil postos de saúde e pontos de vacinação móveis estarão funcionando hoje, até as 17h. Após o encerramento da campanha, no dia 21 de junho, a vacina continuará disponível na rede pública de saúde.

O último caso da doença registrado no país foi em 1989, na Paraíba. Desde 1994, o país mantém o certificado emitido pela Organização Mundial da Saúde (OMS) de erradicação da poliomielite.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions