ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, QUINTA  13    CAMPO GRANDE 24º

Capital

Campo Grande começa a instalar câmeras para reconhecimento facial nas ruas

Secretário de Segurança do Município explica que serão 112 câmeras, mas só 10 farão reconhecimento facial

Por Mylena Fraiha | 30/04/2024 18:03
 Imagens da central de monitoramento da GCM, captadas por câmeras que já foram instaladas no centro da Capital (Foto: Divulgação)
 Imagens da central de monitoramento da GCM, captadas por câmeras que já foram instaladas no centro da Capital (Foto: Divulgação)

Campo Grande terá mais 112 câmeras de monitoramento no quadrilátero central e em alguns bairros próximos, como Vila Glória e São Francisco. A novidade é que 10 delas funcionarão com a tecnologia de reconhecimento facial e de placas de veículos, o que promete auxiliar a Justiça na identificação de criminosos nas ruas.

De acordo com o secretário da Sesdes (Segurança e Defesa Social), Anderson Gonzaga, a instalação das câmeras já foram iniciadas e a previsão é de que a instalação termine até o final de maio.

Alguns pontos que terão as câmeras, conforme explica o secretário, são as ruas 14 de Julho e Rui Barbosa, além das avenidas Rachid Neder e Eduardo Elias Zahran, e a região da antiga Rodoviária. “Esses locais foram escolhidos devido ao grande fluxo de pessoas”, justifica. A localização das câmeras com reconhecimento facial foi mantida em sigilo.

O secretário da Sesdes também explica que haverá uma parceria de compartilhamento de banco de dados, entre a GCM (Guarda Civil Metropolitana) e as forças policiais do Estado. “As câmeras são do centro de monitoramento da GCM, mas há previsão de criarmos um convênio com a Polícia Militar e Civil”.

Entretanto, o procedimento de cumprimento de mandados de prisão e prisões em flagrante ainda será estudado pela secretaria. "Ainda vamos fazer os ajustes em relação ao protocolo de prisões", explicou Anderson.

Desde 2019, conforme noticiado pelo Campo Grande News, a implantação da tecnologia de reconhecimento facial tem sido alvo de discussão na Capital. Entretanto, somente cinco anos depois, o projeto começa a sair do papel. "Eu não sei por que demorou tanto, porque não era época da minha gestão. Só que essa instalação recente tem ligação com a reforma da região central", reitera o secretário da Sesdes.

Câmera recém-instalada na região central de Campo Grande (Foto: Divulgação)
Câmera recém-instalada na região central de Campo Grande (Foto: Divulgação)

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias