A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

10/01/2013 10:37

Carro ficará em cratera até definição sobre "culpa" pelo problema

Aline dos Santos e Mariana Lopes
Carro caiu em cratera durante a chuva de ontem. (Foto: Luciano Muta)Carro caiu em cratera durante a chuva de ontem. (Foto: Luciano Muta)

Engolido por uma cratera na tarde de ontem, o veículo Fiat Pálio continua no buraco aberto na avenida General Alberto Carlos Mendonça Lima, no bairro São Conrado. De acordo com o representante da Seintrha (Secretaria de Infraestrutura, Transporte e Habitação), engenheiro Sylvio Cesco, a remoção do veículo depende de uma análise para saber de quem foi a culpa pelo rompimento da tubulação. No caso, o “culpado” será processado pelo dono do carro, que ontem estimava prejuízo de R$ 12 mil.

No mesmo ponto da via, passa a rede de drenagem da prefeitura e a rede de esgoto, obra feita pela empresa Águas Guariroba, concessionária dos serviços de saneamento básico em Campo Grande. Conforme o engenheiro, o asfalto cedeu devido ao rompimento da tubulação de drenagem. No entanto, a prefeitura quer saber se o rompimento foi pelo volume de chuva ou se a obra da rede de esgoto afetou a drenagem.

A obra da prefeitura tem 10 anos; a obra das Águas Guariroba tem seis anos. “Vamos fazer uma perícia junto com o pessoal da empresa. A tubulação de esgoto é de PVC e a drenagem é feita com material mais resistente”, afirma Sylvio Cesco. Com uma equipe no local, a Águas Guariroba informou, por meio da assessoria de imprensa, que aguarda a análise conjunta com a Seintrha.

A previsão, se não chover, é de que o carro saia da cratera na tarde desta quinta-feira. O local, entre as avenidas América e Nasri Siufe, virou ponto de visitação de curiosos, que registram em vídeos e fotos a cena do carro engolido pelo asfalto.

O trânsito foi interditado e a Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) permanece na avenida. O asfalto cedeu durante a chuva. Dono do Pálio, o eletricista Rodrigo Soares, de 36 anos, contou que passava pelo local quando sentiu a parte da frente do veículo afundando. Ele tentou engatar a marcha ré, mas o carro não se locomoveu. Então,  pegou a carteira e saiu do carro. O Pálio não possui seguro.

Rodrigo mora no bairro Ouro Verde e se deslocava para casa. O rapaz contou que a avenida foi tomada pela água e não dava para ver praticamente nada.



até que ponto chega o raciocínio de uma pessoa...com a tecnologia que temos o correto não seria tirar fotos,retirar o carro do buraco indenizar o dono do veículo e depois procurar o culpado??parece piada...
 
celso nogueira em 11/01/2013 18:34:38
GOSTARIA DE UMA PEQUENA INFORMAÇÃO:
COMO VAI FICAR O PROPRIETRARIO DA VIATURA POIS CERTAMENTE ERÁ SEU UNICO VEICULO - SERÁ QUE ALGUMA AUTORIDADE VAI EMPRESTAR O SEU CARRO PARA ELE LEVAR FILHOS NA ESCOLA, LEVAR A MULHER NO MÉDICO PEGAR FILA NOS POSTOS DE SAUDE;
AO PROPRIETÁRIO: Meu nobre CIDADÃO - VA EM FRENTE ACIONE JUSTIÇA , REZE MUITO E BOA SORTE.

NEI SALVIANO
 
NEI SALVIANO em 10/01/2013 11:18:17
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions