A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

03/06/2014 13:38

Casal desiste da "casa dos sonhos" após cinco roubos no Rita Vieira

Aliny Mary Dias
Avenida Roterdan é a principal do bairro e reúne casas de alto padrão e comércios (Foto: Cleber Gellio)Avenida Roterdan é a principal do bairro e reúne casas de alto padrão e comércios (Foto: Cleber Gellio)

Uma família que realizou o sonho de comprar a casa própria, equipar o imóvel com eletrodomésticos e móveis planejados precisou desistir da conquista. Tudo porque nos últimos quatro anos, a casa situada no bairro Rita Vieira foi assaltada cinco vezes e mesmo o investimento de R$ 2 mil em segurança não inibiu a ação dos bandidos.

A dona da casa, de 31 anos, que prefere não se identificar com medo de represálias, conta que adquiriu a casa depois do esforço dela e do marido. Com objetivo de dar conforto aos dois filhos de 1 e 4 anos, a família arrumou a residência como pôde e investiu todas as economias.

A última ação de assaltantes, que foi a responsável por fazer a família tomar uma decisão drástica de vender a casa, ocorreu na terça-feira da semana passada, dia 27 de maio. Imagens do circuito interno de segurança da casa, que custou R$ 2 mil à família, mostram o passo a passo dos três assaltantes.

Um dos homens entra primeiro na casa e faz um levantamento do local. Depois de confirmar que a residência está vazia, outros dois comparsas entram no imóvel e levam uma televisão, notebook, corrente de ouro e um HD externo. Eles saem pelo portão de elevação e depois fogem de carro.

Casas com placas de venda existem aos montes no bairro (Foto: Cleber Gellio)Casas com placas de venda existem aos montes no bairro (Foto: Cleber Gellio)

Indignado com a ação dos bandidos, o casal decidiu vender a casa e vai se mudar do local ainda essa semana. “Nós cansamos porque nenhum dos casos teve solução, nós registramos boletins de ocorrência e nunca deu em nada. Desistimos daqui e vamos sair do bairro, mesmo gostando muito do lugar e tendo arrumado nossa casa do jeito que a gente queria, não teve jeito, tivemos que sair”, diz a moradora.

O primeiro assalto na casa, que custou R$ 240 mil ao casal, ocorreu no primeiro semestre de 2011, poucos meses depois da mudança da família. Depois disso, eles perderam a conta, mas se lembram da semelhança dos casos. Todas as vezes, a casa foi invadida durante a tarde, quando não há ninguém na residência.

Entre os itens roubados, estão três televisões, notebook, netbook, dinheiro, home theater e até a cadela da família. A cachorrinha da raça Akita foi levada por assaltantes em abril e nunca mais foi encontrada. Além dos prejuízos financeiros, os assaltos arrancam lembranças da família.

“Na primeira vez que entraram, levaram o notebook com todas as fotos do meu filho, a gente não tinha cópia e perdeu tudo. Compramos outro computador e também um HD externo para salvar as fotos do meu bebê, e na última vez que entraram levaram tudo. Perdi todos os registros dos meus dois filhos”, diz a mãe.

Insegurança – E a realidade de assaltos vivida pela família que desistiu do bairro é comum entre outros moradores e também em comércios do bairro. Vagner Rodrigues, 24 anos, vive desde que nasceu no bairro e também tem uma conveniência na Avenida Roterdan, ele conta que os furtos em casas são constantes.

“É muito comum, a maioria das casas são invadidas durante o dia, enquanto o pessoal tá trabalhando. É bem complicado porque as pessoas se sentem inseguras”, explica Vagner.

Nas imediações da principal avenida do bairro, placas de vendas estão por todo o lado. Quem vive há muito tempo na região afirma que muitos moradores estão deixando o local em razão da quantidade de assaltos. “Tem muita casa boa, mas tem locais muito inseguros aqui perto e isso deixa a criminalidade ainda maior”, conta o médico veterinário Henrique Vilarins, 27 anos. Veja abaixo o vídeo com a ação dos bandidos.

Delegado atribui aumento de 58,6% nos roubos a usuários de drogas
O aumento de 58,6% no número de roubos em Campo Grande está ligado ao crescimento no número de usuários de drogas nas ruas de Campo Grande. Esta é a ...
Ceinf recebe nesta quinta parque de pneus construído por detentos
Acontece nesta quinta-feira (14), a partir das 8h no Ceinf (Centro de Educação Infantil) Rafael Abraão - CAIC Aero Rancho, a entrega do parque constr...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions