A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

14/04/2015 10:11

CCZ intensifica vacinação em área onde foi encontrado morcego com vírus da raiva

Flávia Lima
Prédio na região central onde um dos morcegos foi encontrado. (Foto:Arquivo/Direto das Ruas)Prédio na região central onde um dos morcegos foi encontrado. (Foto:Arquivo/Direto das Ruas)

A Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) vai reforçar a cobertura vacinal no perímetro onde foi encontrado o segundo morcego portador do vírus da raiva, na Capital. O CCZ também destaca que o monitoramento já está sendo realizado e que uma série de medidas na área do foco estão sendo tomadas, desde a primeira identificação, também ocorrida em um apartamento na área central, quando um morcego invadiu o local e após exames foi constatado o vírus da raiva.

Além de intensificar a vacinação, as ações consistem em orientação dos moradores da área central sobre os procedimentos que devem adotar caso entrem em contato com algum morcego dentro de casa.

Morcegos fazem parte da fauna nativa brasileira e devido à importância no ecossistema são protegidos pelo Ibama. O último caso de raiva animal canina na zona urbana ocorreu há mais de 20 anos, na década de 1980. Desde então, a Sesau mantém controle efetivo da zoonose sobre os animais domésticos.

No caso de algum morcego invadir residências ou imóveis comerciais, a orientação do CCZ é, em hipótese alguma, ter contato com o animal, mesmo que esteja morto. “Nestes casos, deve-se cobrir o animal com um balde e acionar imediatamente o CCZ. Também é fundamental manter os animais domésticos, cães e gatos, imunizados contra a raiva”, conclui a veterinária”, explica a veterinária Ana Paula Nogueira. O centro funciona das 7h às 21 horas, todos os dias da semana, inclusive domingo. O telefone de contato é 3314-5000. 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions