A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 23 de Setembro de 2018

02/09/2018 16:33

Celulares de Ildonei são encontrados quebrados embaixo de sofá

Corpo da professora foi encontrado caído na cozinha na noite de sábado (1°)

Mirian Machado
Perícia voltou na residência de Ildonei na manhã deste domingo (Foto: Marina Pacheco)Perícia voltou na residência de Ildonei na manhã deste domingo (Foto: Marina Pacheco)

Uma nova perícia foi feita no fim da manhã de hoje na residência da professora e ex-diretora da Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul) Maria Ildonei Lima, 70 anos, onde foi encontrada morta no sábado (1). Segundo familiares, até então, dois aparelhos celulares da vítima estavam desaparecidos, sendo um de uso pessoal e o outro do serviço.

A reportagem do Campo Grande News esteve nesta manhã na residência que fica no Jardim Leblon, no momento em que policiais civis e peritos realizavam a nova coleta de dados no local do crime. Eles acabaram encontraram os celulares embaixo do sofá da sala. Ambos quebrados e sem a bateria.

Conforme o delegado Hoffman D’ávila, plantonista na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga o caso ainda está sendo investigado em sigilo. Até então ninguém foi preso.

Ildonei foi encontrada morta na noite de sábado pelo filho. O corpo estava de bruços na cozinha com um crucifixo nas costas. Havia duas perfurações, uma no pescoço e outra no tórax. O autor ainda trancou a casa antes de fugir.

Apesar de não descartar latrocínio - roubo seguido de morte - a polícia constatou que nada de valor foi levado do local.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions