A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 25 de Abril de 2019

29/03/2019 22:23

Celulares e estimulante são camuflados em caixas de alimentos para presídio

Objetos foram camuflados por dois detentos dos semiaberto em meio aos alimentos dos presos, entregues no Instinto Penal no Jardim Noroeste

Adriano Fernandes
Material apreendido por agentes em presídio (Foto/Divulgação)Material apreendido por agentes em presídio (Foto/Divulgação)

Agentes penitenciários flagraram, no fim da tarde desta sexta-feira (29), vários celulares, carregadores, roupas e até comprimidos de estimulante sexual encontrados dentro de caixas de alimentos entregues no Instituto Penal de Campo Grande, no Jardim Noroeste. Os objetos foram encontrados assim que um caminhão com as mercadorias chegou ao local, por volta das 16h.

A Polícia Civil foi acionada para investigar o caso. A carga saiu de uma empresa da Avenida Costa e Silva, na Vila Progresso, para onde se deslocaram os agentes do GOI (Grupo de Operações Especiais). No local os investigadores descobriram que o caminhão teria sido carregado por dois funcionários que cumprem pena em regime semiaberto, identificados como Willian Bruno Shabalin, de 28 anos, e Francisco Leite de Oliveira Filho, de 26 anos.

Bruno e Francisco camuflaram os objetivos em caixas de steak que chegaram ao instituto, lacradas com fita adesiva. Dentro, além dos vários celulares, estavam carregadores, chip de celular, boné, camiseta e comprimidos de estimulante sexual. O caminhão era conduzido por um motorista que começou a trabalhar a cerca de três a quatro dias na empresa.

O funcionário, no entanto, não tem acesso ao carregamento dos alimentos. Ele apenas recebe o caminhão lacrado e o leva para ser descarregado no interior do presidio, onde o lacre é rompido pela nutricionista na presença de um agente penitenciário. Essa medida de segurança tem sido intensificada nos últimos dias, justamente para evitar esse tipo de ocorrência. 

O mesmo procedimento foi repetido esta tarde e o que levou a localização dos objetos. A dupla foi autuada na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro.

#a matéria foi atualizada às 8h21 para acréscimo de informações.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions