A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

16/01/2013 16:06

Centro de Reabilitação comemora um ano com 2 mil pacientes atendidos de graça

Nadyenka Castro e Mariana Lopes
Clarindo faz tratamento no CER há um ano. (Fotos: Luciano Muta)Clarindo faz tratamento no CER há um ano. (Fotos: Luciano Muta)
Centro de Reabilitação: atendimento individual e de graça.Centro de Reabilitação: atendimento individual e de graça.

Há um ano era inaugurado o CER (Centro Especializado de Reabilitação) da Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais), em Campo Grande. Lá, os pacientes recebem mais do que tratamento. Recebem alegria e esperança de ter mais qualidade com vida.

O CER começou a funcionar em 16 de janeiro de 2011 e neste um ano, de acordo com o coordenador técnico Rodrigo Lucchesi, foram 1.923 pessoas atendidas. Neste período foram doadas: 377 cadeiras de rodas, 125 proteses ortopédicas, 60 calçados ortopédicos e 110 órteses ortopédicas.

Uma delas é o policial militar aposentado Odilon Rodrigues de Souza, 43 anos. Ele foi ferido na cabeça por um tiro em 2000, quando morava no Mato Grosso. Perdeu massa encefálica, a bala continua alojada e por conta disso se tornou portador de necessidades especiais.

Odilon não fala e é o irmão, o funcionário público Miguel Rodrigues de Souza, 50 anos, quem fala sobre o tratamento no CER. “Ele era muito dependente, não conseguia ter discernimento, mas, hoje já consegue ter mais vontade de resolver as coisas, entende as situações”, declara.

Conforme Miguel, o irmão já consegue andar sozinho e se levanta com menos dificuldade.

O empresário Clarindo da Costa Marques, 65 anos, teve um AVC (Acidente Vascular Cerebral) há dois e desde a inauguração do Centro, faz tratamento no local. Para ele, que faz fisioterapia duas vezes por semana, “o ambiente é muito alegre” e “tem uma estrutura muito bem montada e ótimos profissionais”. “Nem parece que é atendimento público”, finaliza.

Segundo o coordenador técnico, todo o atendimento no CER é feito de forma individual, com um paciente por fisioterapeuta. Conforme Rodrigo, a demanda neste um ano foi maior que a expectativa. “Não imaginava que teria tantos pacientes e que tem tanta gente com deficiência”.

O profissional espera comemorar o segundo ano de atividade com mais funcionários, mais pacientes e abrir unidades no interior do Estado.

CER - Ao chegar, o paciente é atendido primeiramente por um assistente social, depois passa pela triagem médica, de fisiotepeutas, psicólogos e fonoaudiólogos. Se a pessoa se encaixar no perfil o caso é estudado por toda equipe para então se formar um protocolo de atendimento e posteriormente o agendamento para iniciar a reabilitação.

O tempo de recuperação vai de acordo com o quadro de cada paciente. Mas o tratamento não para por aí. Dentro do CER o paciente que necessitar vai ter à disposição a oficina ortopédica que reduz de meses para cinco dias o tempo de receber perna mecânica e cadeira de rodas.

O Centro Especializado de Reabilitação fica na Vila Progresso e o telefone de contato é 3045-5005.



Quero parabenizar o CER pelo exelento trabalho que eles estão fazendo pois sou paciente do CER a 1 ano desde o primeiro dia que iniciou fui o primeiro paciente a ser atendido pelo CER e até hoje faço fioterapia fonoaudiologa e passo pela psicologa e nutricionista parabens a todos os funcionarios do CER e a toda a direção.
 
Marcio subtil maldonado em 17/01/2013 17:37:50
Excelente matéria, ótima notícia p as pessoas q precisam deste tipo de atendimento. Gostaria apenas de sugerir a mudança do termo "portador de necessidades especiais" por "pessoa com deficiência", pois esta é a nomenclatura atual p designar as pessoas q possuem qquer tipo de deficiência. Fora esse detalhe, que sabemos, demora mesmo para que a sociedade como um todo se adeque dadas as mudanças nos conceitos, parabenizo as jornalistas pela matéria e a Apae pelo excelente trabalho prestado a sociedade.
 
Regiane Silva em 17/01/2013 00:52:00
eu como para-atleta e paciente deste grande centro só tenho q agradecer o carinho e dedicação q encontro no cer a toda equipe de multiprofissionais q fazem a diferença na vida d muitos,no cer tenho alem do meu tratamento em reabilitação,encontro amigos companheiros q vivem os mesmos obstáculos,as mesmas dificuldades.
 
paulo campozano em 16/01/2013 23:39:56
Quero parabenizar o campo grande news pela matéria, reconhecimento de um grande centro de reabilitação o qual campo grande precisava a muito tempo.e parabenizar também a dedicação dos profissionais q trabalham no cer.
 
marta lopes silva em 16/01/2013 23:26:11
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions