A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

10/07/2014 10:03

Choque desmantela grupo que furtava e traficava na Capital

Renan Nucci

Policiais da Rotac (Rondas Táticas e Ações de Choque), do 19° Batalhão de Choque da Polícia Militar de Campo Grande, detiveram ontem (9) José Romário da Silva Medina, de 20 anos, e três menores, de 13, 16 e 17 anos. O grupo está envolvido em diversos casos de furto ocorridos na capital, e também com o tráfico de drogas.

Com eles foram apreendidos um monitor de computador, uma TV, cinco telefones celulares, joias, R$ 360, duas carteiras de identidade de terceiros, várias porções de maconha, uma balança de precisão e um pacote de rolo de filme PVC utilizado para embalar a droga que comercializavam.

O caso teve início por volta das 19h30, quando a PM fazia rondas pela Avenida Interlagos, na região do Rita Vieira. No local foi flagrado um adolescente de 13 anos transportando uma TV LCD de 32 polegadas e R$ 180 em espécie. A atitude dele chamou a atenção dos policiais que decidiram abordá-lo.

Ao ser questionado sobre a origem do aparelho, ele confessou que seria produto de furto cometido um dia antes, juntamente com comparsas. Ele foi detido e levado até a casa a qual invadiu para cometer o crime, no mesmo bairro. Na residência, os policiais confirmaram o fato e conseguiram identificar os demais participantes por meio de imagens das câmeras de segurança.

Além da TV, também haviam sido levados um par de alianças, uma gargantilha e uma pulseira de ouro. Dando continuidade às diligências, O Choque foi até o bairro Tiradentes, onde o adolescente entregaria os objetos furtados aos comparsas.

Foram encontrados José Romário e um menor de 16 anos, em uma conveniência na Rua do Violino. Eles estavam com R$ 140 e maconha. De lá, eles foram levados para a casa de Romário, nas imediações, onde estava o pacote de rolos PVC, a balança, duas identidades, dois celulares e o monitor, além de certa quantia de maconha. Na casa do menor de 16, na Rua Bela Cintra, foi apreendida mais maconha.

Durante os trabalhos, a PM constatou que o menor de 13 anos, detido inicialmente, vivia com a avó a mãe e o padrasto no Jardim Noroeste; ele não mantinha um bom relacionamento com seus familiares. O último a ser detido foi um adolescente de 17 anos que utilizava um veículo Peugeot 206 prata para ajudar o grupo nos crimes.

Ele dava suporte nas ações. Dentro do carro estavam três celulares, dois aneis e R$ 40, tudo de procedência duvidosa. O bando foi levado para a delegacia. A polícia investiga a participação deles em mais delitos ocorridos na Capital.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions