A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

21/12/2015 17:48

Chuva passageira “pré-verão” enche córrego e acende sinal de alerta

Michel Faustino
Chuva de 5mm por cerca de 2h foi suficiente para encher o córrego Prosa que quase transbordou. (Foto: Fernando Antunes)Chuva de 5mm por cerca de 2h foi suficiente para encher o córrego Prosa que quase transbordou. (Foto: Fernando Antunes)
Na região do Cabreúva, chegou a chover cerca de 20mm. (Foto: Fernando Antunes)Na região do Cabreúva, chegou a chover cerca de 20mm. (Foto: Fernando Antunes)

A chuva que caiu em diversas regiões de Campo Grande na tarde desta segunda-feira (21) trouxe alívio para a população, mas ao mesmo tempo, trás consigo preocupações e acende o sinal de alerta para alguns velhos problemas. Conforme sistema de monitoramento da Defesa Civil Municipal, em um período de 2h choveu 5,25 milímetros na região do Prosa, o suficiente para encher o córrego que quase transbordou no início da Avenida Nely Martins.

O que preocupa as autoridades é que, com a chegada do verão, que começa oficialmente nesta terça-feira (22), aumenta as áreas de instabilidade, que por sua vez, provocam aumento das chuvas, que em volumes significativos causam transtornos.

A exemplo do episódio ocorrido no início deste mês, onde a chuva provocou alagamentos em vários locais. Na região central, uma mulher ficou isolada, presa dentro do veículo na rotatória da Avenida Ernesto Geisel com a Rachid Neder, por conta do transbordamento do córrego Segredo. O trânsito está interditado no local.

De acordo com a Defesa Civil, o volume mais significativo foi registrado na região do Cabreúva, onde choveu 20,5 milímetros, índice considerado alto. Nas demais regiões, a chuva não passou dos 1,25 milímetros.

Conforme boletim meteorológico, o sistema conhecido como Alta da Bolívia deve se expandir e migrar em direção a Mato Grosso do Sul e dessa forma o sol deve aparecer entre nuvens e haverá formação de pancadas de chuva esparsas por todo Estado, acompanhadas por trovoadas, principalmente no período da tarde.

Há maior potencial de chuva intensa no centro-leste e sul do estado - onde as áreas de instabilidade favorecidas pelos dois sistemas predominam (divergência dos ventos em ar superior e a convergência da umidade em superfície).

O volume de chuva previsto é de até 15 milímetros para todas as regiões do Estado, exceto extremo norte. Em Coxim, Sonora e cidades próximas poderá chover até 20mm.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions