A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 20 de Abril de 2019

17/03/2019 15:21

Chuva rápida alaga barracos e causa prejuízos a moradores do Bom Retiro

Apesar de rápida, a chuva nesta tarde em Campo Grande trouxe prejuízos aos moradores do Bom Retiro

Leonardo Rocha e Kerolyn Araújo
Moradores sofrem com barracos alagados (Foto: Paulo Francis)Moradores sofrem com barracos alagados (Foto: Paulo Francis)

Os moradores do Bom Retiro, que fica na região da Vila Nasser, voltaram a reclamar que muitos barracos ficaram alagados no local devido à chuva que, no começo da tarde deste domingo (17), atingiu parte de Campo Grande. Eles disseram que já perderam móveis e eletrodomésticos e que sempre sofrem quando ocorrem temporal e ventos fortes.

A moradora Ramona Freitas Silva, de 49 anos, afirmou que já perdeu dois motores de geladeira, além de outros móveis em função da chuva que alaga seu barraco. “Toda vez que chove é a mesma coisa, fica tudo alagado. Ela mora há quatro anos no local, com o marido e os dois filhos.

Ramona também reclamou que ainda mora em barraco, porque sua casa no residencial, ainda não foi entregue. “A casa está pronta, mas falta entregar as chaves. No Natal achei que já estaria nela (casa), mas passei na lama mesmo”, lamentou.

Já Vanessa Crispim da Silva, 25, disse que as perdas em função da chuva, já faz parte de uma coleção, que inclui cama, fogão, guarda roupa e até televisão. “Quando chove é desesperador, mesmo quando é rápida, alaga até o banheiro”, contou a moradora que reside com o marido e um filho de 2 anos e nove meses.

Moradores alegam que cada chuva é um sofrimento no Bom Retiro (Foto: Paulo Francis)Moradores alegam que cada chuva é um sofrimento no Bom Retiro (Foto: Paulo Francis)

Situação - O líder comunitário do Bom Retiro, Rogério Carvalho, disse que desde quando os moradores chegaram ao local sofrem durante as chuvas, já que a água toma conta dos barracos. Ela até relatou que nas casas que já foram entregues pela prefeitura, a chuva também já invadiu as calçadas.

Ele também citou que muitos barracos que estão no local, vieram da favela Cidade de Deus, e que por isso já estão velhos e em péssimas condições. “Os moradores aguardam a liberação das chaves das novas residências, para que esta situação melhore”. O conjunto tem 136 famílias.

Via assessoria, a Emha (Agência Municipal de Habitação) destacou que tem mantido o atendimento à comunidade do Bom Retiro e também do Vespasiano Martins –na qual as chuvas também têm gerado prejuízos.

Quanto à construção de casas, a agência destacou que as construções continuam e, em breve, mais 24 serão liberadas para os moradores.As casas exigiram esforço concentrado da prefeitura e governo estadual para a retomada, uma vez que as construções executadas até então apresentavam problemas e precisaram ser adequadas.

Alerta – A Defesa Civil emitiu um alerta para chuvas intensas, nesta tarde, em Campo Grande. No final da manhã começou a chuva em diversas regiões da cidade, como área central, além de alguns bairros como Jardim dos Estados, região da Vila Sobrinho, Monte Carlo, Piratininga e no Jardim Aero Rancho e Vila Nasser.

Para que não aconteça acidente grave, evite trafegar em áreas e vias alagadas. Há possibilidade de queda de galhos de árvores. A temperatura máxima no Estado deve ficar na casa dos 35ºC, de acordo com o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia).

*Matéria editada às 16h35 para inclusão do posicionamento da Emha

Até nas residências entregues a lama toma conta (Foto: Paulo Francis)Até nas residências entregues a lama toma conta (Foto: Paulo Francis)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions