A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

01/03/2015 10:10

Com 1,2 mil pessoas, corrida incentiva união entre militares e sociedade

Flávia Lima e Kleber Clajus
Militares incentivaram população a participar de evento no Parque das Nações Indígenas. (Foto:Marcelo Calazans)Militares incentivaram população a participar de evento no Parque das Nações Indígenas. (Foto:Marcelo Calazans)
Corredores se mobilizam por aplicativo para incentivar a prática esportiva (Foto: Marcelo Calazans)Corredores se mobilizam por aplicativo para incentivar a prática esportiva (Foto: Marcelo Calazans)

A 10ª Corrida da Paz reuniu 1,2 mil participantes, neste domingo (1º), no Parque das Nações Indígenas, em Campo Grande. O objetivo da prova foi integrar militares e civis em torno da atividade física ao percorrerem juntos três quilômetros, em trajeto da Cidade do Natal a ponte principal do lago.

Promovida pelo CMO (Comando Militar do Oeste), a corrida não teve caráter de competição e foi acompanhada de caminhada e passeio ciclístico.

O prefeito da Capital, Gilmar Olarte (PP), deu a largada, porém disse que não participaria da prova por estar “fraco de preparo físico”.

Em contrapartida, a professora aposentada Maria José Vieira, 65, esbanjava disposição ao integrar o grupo de corrida Amigos do Asfalto. Seu ingresso no circuito de provas, que neste ano somam 35 em todo o Estado, vai além da necessidade de manter hábitos saudáveis, mas para servir de incentivo aos filhos e netos que ainda “tem outras preocupações” e sonha ter ao seu lado em breve.

No caso da psicóloga Ana Lúcia Souza, 30, o incentivo para ganhar as ruas e reforçar a saúde vem do aplicativo Whats App, ao participar de grupo denominado Zap Zap Runner. “Este é um incentivo a mais para estar sempre em movimento e incentivo para continuar correndo. Já inclusive consegui trazer minha irmã e cunhado que até correm mais do que eu”, comentou.

Para quem é novato na prática das corridas, a nutricionista Camila Zidko, 30, indica uma alimentação rica em carboidratos de rápida absorção para dar energia rápida necessária em trajetos curtos como o de hoje. Um café da manhã ideal, neste caso, seria composto por pão branco, um copo de leite com aveia e banana, estes consumidos uma hora antes da prova. O uso da água para hidratação, conforme Camila, é essencial e os isotônicos recomendados para consumo 30 minutos antes da corrida em trechos curtos e nos longos durante o exercício.

Outro ponto fundamental diz respeito ao aquecimento. Na prova de hoje, coube ao preparador físico Renato Reis, 25, alongar os participantes antes da largada, afinal mesmo que o percurso seja de intensidade leve a moderada “é preciso preparar a musculatura para a atividade física e se evitar lesões”.

Sobre o evento, a médica da Base Aérea, Vanessa Ribeiro, 34, ressaltou que “o militar não tem só o papel da defesa e proteção da pátria, mas também de incentivar as pessoas a ter uma qualidade de vida melhor”.

Outras provas - Ainda neste mês, conforme a FAMS (Federação de Atletismo de Mato Grosso do Sul), estão previstos eventos no dia 8 de março da Adac (Associação Desportista Atletas de Cristo) no Parque Ayrton Senna e em 22 de março a realização da 4ª Corrida das Águas, com saída da sede da empresa Águas Guariroba na Rua Antônio Maria Coelho.

Neste ano, a programação de corridas de rua contemplam 35 provas em todo o Estado. O calendário completo pode ser consultado aqui.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions