A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 24 de Setembro de 2017

29/08/2017 16:01

Com 1,6kg, Yago deixa UTI para aprender a viver fora de incubadora

Bebê ainda não vai receber alta, pois precisa de cuidados, mas já está bem melhor

Luana Rodrigues
Yago no colo da avó, na Santa Casa (Foto: Santa Casa/Divulgação)Yago no colo da avó, na Santa Casa (Foto: Santa Casa/Divulgação)

A tarde de terça-feira (29) começou com uma boa notícia. O pequeno Yago, que resistiu até a 27ª semana de gestação no ventre da mãe com morte cerebral, vai deixar a UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) amanhã (30). A informação é da Santa Casa, onde o bebê está internado há quatro meses e 29 dias.

De acordo com o hospital, Yago está com 1, 670 quilos e 43,8 centímetros. Ele se recupera bem, já sem a ajuda de aparelhos, por isso será encaminhado para a unidade intermediária - uma espécie de enfermaria do hospital para bebês, onde aprenderá a viver fora incubadora.

No fim do mês passado, Yago deu um susto na equipe médica, ao sofrer uma infecção grave. Ele precisou ser entubado e perdeu peso. No dia 21 de julho, ele voltou a respirar sozinho e estava com 1,795 kg. Mas o peso do bebê oscila, por isso os cuidados são mantidos.

Nascido em 31 de março, a previsão era de que em julho o bebê teria alta, porém o quadro instável adiou os planos dos médicos. A equipe só deixará que o pai leve Yago para casa quando o filho estiver com no mínimo 2 kg e se alimentando normalmente.

Uma entrevista coletiva foi marcada para a manhã desta quarta-feira (30), com o chefe da UTI Neonatal da Santa Casa, Valter Peres, que irá explicar o tratamento do bebê.

Caso – A gestação e nascimento de Yago são inéditos em Mato Grosso do Sul. Para manter o bebê vivo no útero da mãe que era mantida nos aparelhos, médicos da Santa Casa trocaram informações com profissionais do Espírito Santo e Portugal.

Com a morte encefálica da mãe, Renata Souza Sodré, 22 anos, o nascimento do bebê era uma aposta de alto risco.

Renata sofreu um AVC (Acidente Vascular Cerebral) em 27 de janeiro e teve a morte cerebral constatada por dois testes clínicos e mais exame de imagem.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions