A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 23 de Outubro de 2019

06/07/2019 10:05

Com 1 indicação por dia na Câmara, prefeitura licita mais faixas elevadas

Município abriu processo para contratar empresa especializada em construir travessias de pedestres

Jones Mário
Faixa elevada proporciona maior segurança e comodidade, segundo Agetran (Foto: Henrique Kawaminami)Faixa elevada proporciona maior segurança e comodidade, segundo Agetran (Foto: Henrique Kawaminami)

A prefeitura de Campo Grande abriu licitação para contratar empresa especializada em construir novas faixas elevadas e manter as já existentes. O dispositivo para pedestres é um dos preferidos dos vereadores nas indicações à administração municipal. Em 151 dias de trabalho legislativo da Câmara este ano, 153 pedidos para instalação de travessias foram protocolados pelos parlamentares.

O valor de referência da licitação, aberta na última quinta-feira (4), é de R$ 388,7 mil. O processo de contratação é pela modalidade tomada de preços. Documentação de habilitação e proposta deverão ser entregues no dia 24 de julho à Dicom (Diretoria-Geral de Compras e Licitação).

Os locais para instalação das novas faixas elevadas serão determinados pela Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), conforme identificação de necessidade. Segundo o edital, as travessias devem ser construídas em locais considerados críticos, próximos a cruzamentos perigosos ou de grande fluxo de pedestres e veículos.

Ainda de acordo com os documentos da licitação, a utilização de faixas elevadas para travessia de pedestres proporciona maior segurança e comodidade, além de melhorar a mobilidade e acessibilidade, já que tem como função a redução da velocidade dos veículos.

Além da execução das faixas, a licitação prevê execução de rampas de acessibilidade, fornecimento e instalação de piso podotátil e de dispositivos de segurança para pedestres.

A construção das novas faixas será custeada com recursos de multas de trânsito. De acordo com o Portal da Transparência do município, a Agetran já arrecadou R$ 5,4 milhões com infrações em 2018. A previsão anual é acumular R$ 35 milhões.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions