ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, TERÇA  09    CAMPO GRANDE 12º

Capital

Com 30 recém-nascidos, banco de leite precisa doação de 5 litros por dia

As doações caíram e o o banco de leite está buscando mais cadastrar novas doadoras

Por Lucia Morel | 08/02/2022 16:05
Leite coletado para o banco da Santa Casa. (Foto: Divulgação Santa Casa)
Leite coletado para o banco da Santa Casa. (Foto: Divulgação Santa Casa)

Com até 30 recém-nascidos atendidos por dia, o banco de leite da Santa Casa precisa de pelo menos cinco litros doados para supri-los, mas não está havendo doadoras. Para a Santa Casa, a oferta do BLH (Banco de Leite Humano) “Irmã Maria José Machado” caiu devido as férias escolares e a continuação da pandemia, com as variantes.

Assim, o banco de leite está buscando mais doações e tentando cadastrar novas doadoras. “É necessário ser saudável, estar amamentando, não usar medicamentos incompatíveis com a amamentação, não fumar mais que 10 cigarros por dia, não usar drogas ilícitas ou álcool”, explica a nutricionista responsável técnica do BLH, Gislene Nantes.

Ela comenta ainda que “no momento, estamos com uma demanda muito grande de pacientes e chegamos a atender por dia até 30 recém-nascidos com prescrição de leite humano”, afirma, reforçando a necessidade de cinco litros ao dia.

Para ser doadora, a mulher precisa, além de estar amamentando, apresentar exames pré e pós-natal compatíveis com a doação de leite e também realizar outros exames conforme o perfil epidemiológico da região ou da necessidade individual da mulher.

Vale ressaltar que qualquer volume doado é importante, já que os prematuros, por exemplo, começam a nutrição com apenas 1ml de leite e também que a doação evita o acúmulo do líquido nas mamas e, consequentemente, possíveis complicações.

Em casa - a lactante que não deseja sair casa também pode coletar o leite em um recipiente de vidro esterilizado e com tampa de plástico, armazenar no congelador (por até 15 dias) e entrar em contato o hospital que a equipe vai até na casa da doadora buscar o alimento tão necessário para os bebês.

“Hoje, estamos dando prioridade para os pacientes da UTI Neonatal, da Unidade Intermediária Neonatal e da Unidade Canguru”, revela responsável médica do BLH, Dra. Márcia Antunes da Costa.

Por fim, a Santa Casa reforça que é são tomadas medidas preventivas, de acordo com as normas nacionais para prevenir a infeção e a propagação da covid-19 e suas variantes e, também, que o processo de pasteurização inativa o coronavírus.

Para reduzir a circulação e aglomeração de pessoas, a doação pode ser agendada pelo telefone (67) 3322-4174.

Nos siga no Google Notícias