A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

04/01/2014 11:10

Com 30ºC às 7h, campo-grandense fica à base de tereré e foge do sol

Zana Zaidan
Debaixo de sombra, muito líquido e roupas leves para enfrentar o calor (Foto: Marcos Ermínio)Debaixo de sombra, muito líquido e roupas leves para enfrentar o calor (Foto: Marcos Ermínio)

As altas temperaturas que castigam Campo Grande desde o início do verão pedem alternativas para driblar o calor. A palavra de ordem é muito líquido (por aqui, o tereré, é claro), sombra e roupas leves.

Hoje, por exemplo, mal o sol tinha nascido e às 7 horas da manhã os termômetros marcavam 27°C, com sensação térmica de 29°C. A máxima pode chegar a 32°C.

A varredora Lucíria Goulart, 48 anos, trabalha nas ruas da Capital debaixo de sol e afirma nunca ter passado tanto calor. “Está quente demais. A gente fica na base da água para poder driblar, coloco camisa de manga comprida para proteger a pele, mas, as vezes, tenho que erguer porque não dá para suportar o calorão”, conta.

A onda de calor afeta até os artistas de rua. O palhaço Putuco, como gosta de ser identificado, 31 anos, precisa improvisar para retocar a maquiagem ao longo do dia. O suor é tanto que a pintura do rosto escorre e sai mais rápido do que em dias de temperaturas normais. “Quando não tá calor dura o dia inteiro, dá para chegar de manhã e voltar para casa intacto. Esses dias tem durado 4, 5 horas, e preciso refazer”, explica.

Exposta ao sol o dia todo, a varredora se protege e bebe muita água (Foto: Marcos Ermínio)Exposta ao sol o dia todo, a varredora se protege e bebe muita água (Foto: Marcos Ermínio)
O palhaço Putuco precisa retocar a maquiagem mais vezes ao dia por causa do calor (Foto: Marcos Ermínio)O palhaço Putuco precisa retocar a maquiagem mais vezes ao dia por causa do calor (Foto: Marcos Ermínio)

Bom para quem ganha a vida vendendo o produto mais procurado: a água. A vendedora Elza da Silva, 52 anos, coloca o isopor com bebidas ao lado do carrinho de pipoca e, disparado, a água é a mais pedida. “Está quente demais, o pessoal chega aqui reclamando do calor e bebe água como se estivesse no céu”, brinca.

Mas, para quem está acostumado com calor o ano todo, o tempo em Campo Grande não assusta nem incomoda. De férias na cidade, o estudante cuiabano Leonardo Kian, 19 anos, está achando os dias na cidade “uma maravilha”. “Aqui pelo menos venta”, comenta.

O mesmo pensa o aposentado Hélio Avalo, 65 anos. “Campo Grande tem o melhor clima brasileiro”, opina, com a propriedade de quem já morou em diversos estados como Espírito Santo, Paraná e Rios Grande do Sul. “Pior é no Rio que está fazendo 50°. Aqui é bom demais”, acrescenta, jogando dominó embaixo da sombra das árvores da praça Ary Coelho, para fugir do sol forte.

“Se fosse um pouco mais coberto ficaria excelente”, observa o catarinense Alexandre Tambori, 84 anos, que há 29 anos virou e campograndense e acredita que o clima não tem sido um problema, porque “não tem quem não se acostume com o calor ao mudar para cá”.

Faça chuva ou faça sol, a tradição do dominó na praça Ary Coelho continua, mas os aposentados queriam mais sombra nestes dias quentes (Foto: Marcos Ermínio)Faça chuva ou faça sol, a tradição do dominó na praça Ary Coelho continua, mas os aposentados queriam "mais sombra" nestes dias quentes (Foto: Marcos Ermínio)
Sábado será de sol, mas pode chover à tarde na Capital
Campo Grande amanheceu com céu claro neste sábado (4). A temperatura mínima, segundo o Inmet (Instituto nacional de Meteorologia), foi registrada por...
Abstenção em concurso da Câmara Municipal da Capital passa dos 30%
O domingo (17) foi de provas para milhares de campo-grandenses, tanto na manhã como no período da tarde, no concurso da Câmara Municipal, que segundo...
Com forte dores, mulher reclama de falta de atendimento em UPA
Mesmo apresentando fortes dores e inchaço na região do estômago, sem conseguir comer a três dias, uma mulher que procurou atendimento na UPA (Unidade...
Problema rotineiro, chuva causa alagamentos no bairro Cidade Morena
A chuva que atingiu Campo Grande no fim da tarde deste domingo (17) causou vários problemas à população, desde alagamentos a problemas estruturais em...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions