ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, TERÇA  28    CAMPO GRANDE 19º

Capital

Com aumento de casos, secretarias de Saúde orientam para que população se vacine

Campo Grande ainda tem 50 mil doses de vacina contra influenza em estoque

Por Ana Oshiro | 28/12/2021 15:33
Idoso sendo vacinado contra Influenza em unidade de saúde da Capital. (Foto: Divulgação)
Idoso sendo vacinado contra Influenza em unidade de saúde da Capital. (Foto: Divulgação)

Com aumento de casos de Influenza e a primeira morte provocada em Campo Grande pelo subtipo H3N2, as Secretarias de Saúde, tanto municipal quanto estadual, orientam sobre os cuidados para evitar a infecção e importância da vacinação contra a doença. Ao todo, são 41 casos confirmados na Capital.

Apesar da campanha de vacinação contra gripe ter acabado, Campo Grande ainda tem 50 mil doses da vacina em estoque e continua imunizando a população que tem 6 meses de idade ou mais em todas as unidade de saúde da Capital.

“Nós temos doses disponíveis em todos os municípios do Estado. Então, quem não tomou a sua vacina, procure uma unidade de saúde para se vacinar. Previna-se! Vacine-se! Isto é um gesto de amor”, disse Crhistinne Maymone, secretária-adjunta da SES (Secretaria Estadual de Saúde).

Para a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), além de vacinação, é importante também que a população não abandone o uso de máscaras, higiene de mãos e etiqueta respiratória junto com o imunizante.

“Está com muita tosse, febre, dor de garganta ou outros sintomas da gripe associados, pode procurar uma unidade de saúde, por mais que o caso não seja SRAG (Síndrome Respiratória Aguda Grave), o paciente será acolhido, atendido e medicado conforme a necessidade dele”, explica o secretário José Mauro Filho, responsável pela Sesau.

Nos siga no Google Notícias